Fundação Muraki capacita os funcionários do Estado

Objetivo é de aperfeiçoamento do planejamento e execução

Cerca de 140 pessoas de 60 órgãos do Governo do Estado participaram da palestra ‘Gestão de Projetos’, oferecida pela Fundação Muraki, com o objetivo de aperfeiçoar o planejamento e execução de projetos públicos, reduzindo desperdícios e custos desnecessários ao erário. A palestra, no auditório da Sead (Secretaria de Estado de Administração do Amazonas), foi ministrada pela consultora de projetos Elisângela Aguiar, da empresa Vicaz Gestão Estratégica.
O resultado que se pretende com a palestra é que os desperdícios ou a má aplicação do dinheiro público sejam evitados e que a execução dos projetos tenham maior eficácia. A palestra, de acordo com o diretor da Muraki, Paulo Alcântara, também ajudará a melhorar o desempenho profissional dos participantes. Durante a palestra foram oferecidos exemplos de operacionalização técnica, para que os participantes ampliem a visão em relação ao que significa e como deve funcionar um projeto.
A palestra ‘Gestão de Projetos’ é uma espécie de resumo do curso ‘Fundamentos em Gestão de Projetos’, que já é oferecido pela Muraki, há dois anos, a professores da UEA (Universidade do Estado do Amazonas) e a funcionários da Fundação. Neste caso, o objetivo também é evitar a má aplicação do dinheiro público e buscar maior eficácia dos projetos, capacitando professores a planejá-los de forma mais abrangente.
A funcionária do setor de Desenvolvimento de Pessoas da Sead, Shelley Mousse de Souza, 24, disse que estava participando da palestra para melhorar o seu desempenho profissional. “Acho que o tema é muito importante e engloba a atividade de muitos funcionários. Se a gente organizar melhor o que projetamos temos maior chance de cumprir todas as metas com eficácia”, afirmou.

Fundação amplia o público de pessoas

A estagiária de administração da Sead, Alessandra Cruz, 30, concorda com Shelley Mousse e acrescenta que muitas vezes essa metodologia não é repassada nas universidades. “Acho que é uma maneira diferente de você enxergar o trabalho a ser desenvolvido, entender direito o que é cada uma das ações e o que elas precisam para serem executadas da maneira correta. Até porque, para atingir a meta, o objetivo tem que ser bem projetado”, acrescentou.
O diretor-executivo da Vicaz, Mário Valle, explicou que, com a palestra, pretende-se que os participantes mudem de mentalidade em relação à gestão de projetos, para que as dificuldades na execução dos mesmos sejam superadas. “O principal interesse é difundir a ‘Gestão de Projetos’, não só para quem participa do desenvolvimento deles, mas também para quem recebe influência direta da sua execução. Essas pessoas precisam ter conhecimento do projeto, desde o início, para que não acabem afetando o desempenho do andamento dele no dia-a-dia”, acrescentou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email