Fundação adota classmate PC

A Fundação Bradesco anunciou a aquisição de 300 unidades da plataforma classmate PC baseada em tecnologia Intel para a escola de Campinas-SP. Somados aos 200 dispositivos doados pela Intel e cem pelo Positivo, os notebooks educacionais serão inseridos, a partir deste mês, no portfólio de aprendizagem da escola e utilizados em todos os ambientes educacionais pelos alunos da educação básica.
“Acreditamos que essa solução modificará a dinâmica do ensino e aprendizagem na sala de aula e possibilitará a transformação da escola em um ambiente interativo, com mobilidade e colaboração, ou seja, no que chamamos de a escola sem limites” , disse Denise Aguiar Alvarez Valente, diretora da Fundação Bradesco.
No ano passado foi realizado um piloto da plataforma classmate PC na escola de Campinas da Fundação Bradesco, que contou com a participação de cerca de 130 alunos, da 3ª e 6ª série do ensino fundamental e da 1ª série do ensino médio, e cinco professores.
O objetivo da experimentação, que ao todo utilizou 46 máquinas e durou três meses, foi fazer uma prova de conceito e aprimorar a ferramenta para que o produto chegasse ao mercado pronto para atender a todas as necessidades dos estudantes. Os classmate PCs baseados em tecnologia Intel serão utilizados pelos alunos em turnos alternados (manhã e tarde).
Para que a nova ferramenta fosse implementada adequadamente, além da infra-estrutura (tecnologia Wi-Fi), os 33 professores que serão envolvidos no projeto, foram formados no Programa Intel Educar, além de participarem de oficinas para formação em outras soluções, que compõem o portfólio de aprendizagem, como o portal educacional do Positivo e o scratch do MIT Media Lab.
A plataforma classmate PC é resultado de dois anos de pesquisa e desenvolvimento em colaboração com PDC (Centros de Definição de Plataformas) de diversas partes do mundo – incluindo o Brasil – e levou em conta resultados de pesquisas etnográficas, nas quais foram identificados diversos fatores que influenciam o aprendizado e a adoção da tecnologia na educação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email