Funcionários são ativo maior das empresas

Há algum tempo, o ideal de lucro adquirido acima de qualquer coisa virou passado dentro das empresas. Nos dias atuais, progresso é uma condição sustentável somente a partir da relação harmoniosa de dois fatores: recursos humanos qualificados e boa gerência nos setores de produção e venda.
É sob essa ótica que empresas como a Nokia do Brasil conseguem fechar seus orçamentos com um faturamento de 1,9 bilhão de euros (em 2008, 51% maior do que em relação a 2007). Os cerca de 1,7 mil funcionários são um grupo de trabalhadores tido como “privilegiados”, pois além de contarem com um emprego fixo, ainda dispõe de oportunidade de crescimento e ascensão dentro da empresa.
“O foco principal da política de gestão de recursos humanos, desenvolvida hoje pela Nokia, é para o desenvolvimento de competências técnicas e comportamentais na fábrica, principalmente aquelas voltadas ao desenvolvimento de liderança”, revelou a gerente de recursos humanos da Nokia Manaus, Andrea Barral.
Isso demonstra que o sucesso profissional independe exclusivamente dos conhecimentos técnicos, aplicados mecanicamente. Os trabalhadores estão sendo cobrados a participar de processos decisórios. Ter iniciativa e opinião formada são, hoje, requisitos indispensáveis à­que­les interessados em se destacar.

“Como segunda área de atuação, buscamos a melhoria contínua do clima organizacional da empresa. Anualmente, a Nokia conduz a pesquisa de clima “Listening to You” e, com base nos resultados, a área de Recursos Humanos desenvolve planos de ação em conjunto com os funcionários de todas as áreas da fábrica para avanços internos”, salientou Barral. Segundo ela, as turmas trabalham por meio de comitês, realizando atividades que visam o progresso dos pontos em que se tem oportunidade de desenvolvimento ou ações que reforçam os pontos fortes da organização.
Tão importante quanto o trabalhador se esforçar para apresentar o seu potencial é ele ter certeza de que galgar novos patamares dentro de seu trabalho é um processo esperado e planejado pela própria empresa.
“O plano de cargos e salários da Nokia segue uma diretriz global de funções e de grades salariais. Por meio de pesquisas de mercado, atualizamos as faixas salariais da empresa, sendo que a filosofia global de remuneração da Nokia é a meritocracia. Ou seja, aumentos salariais ocorrem por conta do bom desempenho do funcionário na função”, assegurou a gerente.

A lei

Segundo a Convenção Coletiva de Trabalho 2009/2010, entre outros deveres, as empresas são obrigadas a qualificar seu quadro de funcionários e garantir a saúde do coletivo.
“Todos os anos, são afastadas mais de mil pessoas devido a doenças ocupacionais. O Polo Industrial de Manaus é um incentivo para a sociedade, isso não há dúvida. Mas precisamos nos preocupar mais com as sequelas físicas e emocionais deixadas nos trabalhadores acidentados”, disse o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Waldemir Santana.
Nas linhas de produção, segundo informou Santana, entre os principais acidentes estão a mutilação dos dedos, perda de visão e audição e perda dos movimentos.
As brigas que o sindicato comprou nos últimos anos concentram-se nas irregularidades avistadas em algumas empresas, principalmente no campo das engenharias, que suspenderam benefícios como o direito a descanso e fadiga, o aumento na quantidade de trabalho sem o oferecimento de estrutura física adequada e a relação trabalhador/máquina, de onde surgem as doenças ocupacionais.
A Convenção, documento que assume o status de lei, é constituída de 61 cláusulas nas quais estão explicitados os diretos do cidadão dentro de seu ambiente de trabalho.Entre eles, hora extra, férias, piso salarial, aviso prévio, creche, garantia às gestantes, medidas de proteção, higiene e limpeza, atestado médico, garantia ao aposentado, auxílio funeral, décimo terceiro salário etc.
De acordo com a gerente de recursos humanos da Nokia, a empresa assegura aos seus funcionários todos os direitos estabelecidos por lei e pela Convenção Coletiva. Além destes, os trabalhadores têm acesso a outros benefícios extras. São eles: assistência odontológica, compra de telefones celulares com desconto, previdência privada, auxílio para compra de medicamentos, subsídio para academia, auxílio para compra de óculos, cesta e ave de Natal, vale-presentes para os filhos dos funcionários (Dia das Crianças) e ovos de Páscoa.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email