Frente & Perfil – Omar lança candidatura e diz que não desiste

Se alguma dúvida ainda pairava no ar a respeito da inviabilidade do palanque único no Amazonas relativo a pré-candidata Dilma Rousseff à Presidência da República, o discurso do vice-governador Omar Aziz, na inauguração do centro educacional de tempo integral Marcantônio Vilaça, ontem, serviu para desfazê-las todas. Omar praticamente inaugurou sua campanha pela reeleição ao governo do Estado.

Reeleição porque o governador Eduardo Braga, ao seu lado, quase confirma que sai do governo em 3 de abril, deixando o vice como titular. Omar aproveitou para mandar um recado ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Nós, no Amazonas, também temos um projeto que foi aprovado pela população em duas ocasiões, que está dando resultados positivos para o Estado. Por isso, também temos o direito de defender a continuidade do nosso governo”, discursou.

Omar não poderia ser mais enfático quando disse que tem seu próprio projeto político e que não vai desistir dele. Foi a senha para explodir de vez a articulação de Lula em prol de seu candidato preferido ao governo do Amazonas, o ministro dos Transportes Alfredo Nascimento. Semana passada, o presidente chamou o governador em Brasília para cobrar a união de Braga, Omar e o prefeito Amazonino Mendes em torno de Alfredo e a formação de um palanque único à sua candidata à presidência.
A inauguração da escola serviu também para aclarar que o governador já tem certeza de seus planos futuros. Se ato falho ou não, Braga falou aos presentes que este ano serão inaugurados 15 centros de tempo integral, mas que em 2011, Omar terá que construir mais 20. A equação é simples: soma-se dois mais e o resultado é Alfredo fora.

Audiência

O ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, se reuniu com o presidente Lula na tarde de ontem, por meia hora. Trataram da improvável união da base aliada do governo federal no Amazonas em torno da candidatura do ministro ao governo do Estado. Essa costura política, a cada novo dia, está mais parecida com um barco que naufraga, mesmo com Lula segurando o leme.

Desfeito

O apoio prometido nunca foi levado a sério, mas pelo menos era um apoio. Com os últimos lances no tabuleiro do PTB de Amazonino Mendes, a chance do partido marchar com Alfredo Nascimento perdeu consistência. Roberto Jefferson, presidente nacional da legenda, garantiu que o PTB vai com Amazonino para onde o prefeito for, mesmo sem Sabino Castelo Branco.

Desculpas

Amazonino Mendes não perde uma chance de atacar o ex-prefeito Serafim Corrêa. Na leitura de sua mensagem na CMM (Câmara Municipal de Manaus), durante a abertura do ano legislativo do Parlamento, repetiu o mesmo discurso de ter assumido a prefeitura desorganizada e falida, com a Secretaria de Finanças parecendo uma “Torre de Babel”. É discurso de palanque e já não serve mais para justificar um ano e dois meses de marasmo na Prefeitura de Manaus.

Na frente

Serafim Corrêa apareceu em primeiro lugar na disputa pelo governo do Amazonas. A pesquisa é apócrifa, não foi registrada no TRE (Tribunal Regional Eleitoral), como manda a lei, mas foi publicada no jornal Maskate. A surpresa não é nem tanto Serafim na cabeça, mas sim Amazonino atrás de Alfredo Nascimento e Omar Aziz, os outros pré-candidatos.

Incêndio

A rádio FM Nova Coari, do ex-prefeito Adail Pinheiro, foi invadida na manhã de ontem por dois homens encapuzados que atearam fogo em suas dependências. A rádio faz oposição ao prefeito Arnaldo Mitouso, por isso o crime ganhou conotações políticas. A suspeita é de que, após a vitória de Mitouso sobre o candidato do grupo deAdail, uma nova milícia se formou no município.

Milícia

Com o subsolo rico em gás natural, Coari é o município com o maior orçamento do interior do Amazonas, mas não consegue voltar a normalidade política, desde quando o ex-prefeito Adail Pinheiro foi acusado de comandar uma quadrilha que fraudava licitação, mantinha uma rede de prostituição infantil e comandava uma milícia para perseguir os opositores da prefeitura.

Cartas

A EBCT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) busca novos serviços para minimizar a enorme perda de receita que vem se acumulando há décadas, com o uso massivo da internet. A demanda de cartas entregues pelos Correios diminui a cada ano, porque as pessoas preferem se comunicar via e-mail. Sem novos serviços, a empresa pode se transformar num grande elefante branco.

Idiomas

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) deu início aos cursos de inglês e espanhol para cerca de 700 professores, pedagogos, gestores e servidores da secretaria. O curso vai desenvolver as habilidades de comunicação de modo a vivenciar experiências sobre os costumes, maneira de agir e interagir entre alguns povos falantes da língua inglesa e espanhola.

Linhas Cruzadas

Guaraná

A Prefeitura de Maués iniciou ontem a distribuição de 80 mil mudas de guaraná obtidas por meio de um convênio com o governo do Estado, em uma ação que envolve recursos na ordem de R$ 3,9 milhões. O convênio vai beneficiar o setor primário, com distribuição de 25 toneladas de fertilizantes e várias outras frentes de atuação previstas, incluindo a produção de mandioca, farinha, banana, cana-de-açúcar e criação de pequenos animais.

Trânsito

A diretora do Detran/AM (Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas), Mônica Melo, anunciou a realização de blitze educativas nos cruzamentos de Manaus como parte das ações previstas para conscientizar a população a evitar os excessos e deixar o trânsito mais seguro no período do Carnaval. A campanha pretende reforçar a ideia de que a combinação de álcool e direção que dá multa de R$ 957,69, prisão de seis meses a três anos e suspensão da permissão para dirigir.

Sem retorno

O IMTT (Instituto Municipal de Transportes e Trânsito) fechou todos os retornos da avenida Silves, desde o bairro da Cachoeirinha até o Centro Cultural Povos da Amazônia. Os ‘gelos dinamarqueses’, como são conhecidas as barreiras de cimento, foram instalados até mesmo na confluência da Silves com a rua Nova. Pegas de surpresa pela ação, as empresas de metalurgia e uma grande rede de supermercados instaladas na área prometem enviar cartas de reclamações à Secretaria de Obras do município.

Praciano

O deputado federal Francisco Praciano cobrou da Câmara dos Deputados urgência na aprovação da PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 300, que iguala os salários de policiais militares e bombeiros militares aos de seus congêneres de Brasília. Se aprovada a proposta, o piso salarial da categoria chega em R$ 4.500. Praciano defendeu ainda a redução da carga horária de 45 para 40 horas semanais.

Simpósio

O Centro de Estudos Jurídicos da PGE (Procuradoria Geral do Estado) promove nos dias 4 e 5 de março o simpósio sobre a nova lei do mandado de segurança. O evento abordará as principais mudanças criadas pela lei nº 12.016, promulgada no ano passado. A lei foi modernizada, adequada à realidade atual.

Corrupção

O presidente Lula encaminhou ontem ao Congresso Nacional projeto de lei que responsabiliza administrativa e civilmente empresas que praticarem atos de corrupção contra a administração pública nacional e internacional. A legislação atual não prevê meios específicos para atingir o patrimônio das empresas e, com isso, proporcionar aos cofres públicos o efetivo ressarcimento pelos prejuízos causados por empresas corruptoras.

E-mails para esta coluna: [email protected]

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email