Frente & Perfil: Guilherme Aluízio: Família e Trabalho

Uma família estruturada é uma dádiva de Deus. Por isso, toda a família Bomfim representada pela esposa Selma, o filho Sócrates, a nora Adriana, e principalmente, a neta Catharina, está em festa, nesta segunda-feira (3), por mais um aniversário do jornalista Guilherme Aluízio. Além dos colaboradores do JC e da classe jornalística, Guilherme Aluízio também faz por merecer o respeito, como cidadão e como profissional, de toda a sociedade amazonense, especialmente, pela maneira sempre cortês, no tratamento com as pessoas. Parabéns, e que assim como o JC, Guilherme ultrapasse a barreira dos três dígitos fazendo o que mais gosta: jornalismo de qualidade.

TV Amazonas na Aleam

E por falar em aniversários, na esteira das comemorações pelos 40 anos da TV Amazonas, a Assembleia Legislativa realiza no próximo dia 12, no plenário Ruy Araújo, uma Sessão Especial proposta pelo deputado Marcos Rotta (PMDB). Autoridades e profissionais ligados à área da comunicação já confirmaram presença.

Queimadas diminuem

Apesar da chegada do verão amazônico, o número de queimadas urbanas na cidade de Manaus apresentou uma redução este ano em relação a 2011. Quem revelou a novidade foi o comandante do Batalhão Ambiental da PMAM, major Flávio Diniz, em visita ao Jornal do Commercio, na tarde da última quinta-feira (30). De acordo com Diniz, mesmo com a diminuição o Batalhão se prepara para um possível aumento no número de focos para os próximos meses.

Novo secretário

Depois de 36 dias o governador Omar Aziz finalmente anuncia o nome do novo secretário estadual de Educação: Rosselini da Silva. O anúncio põe fim à “novela” da substituição, porém, não garante que a Seduc vá realmente trabalhar para colocar a educação no grau de importância que deve ter como instrumento de desenvolvimento.
Do quadro do antigo administrador, o gaúcho Rosselini precisa fazer com que a Seduc volte a ser uma secretaria técnica, como, diga-se de passagem, quer o governador.

MPE e os temporários

O Ministério Público apresenta ainda esta semana representação contra a decisão da Câmara Municipal de Manaus, que efetivou mais de 6 mil funcionários contratados em regime especial pela Prefeitura de Manaus. A medida pode atingir alguns vereadores que se apresentaram como mentores da ideia. Estes podem ter seus registros de candidatos à reeleição questionados pelos promotores.
Turma do “fica”

Os principais auxiliares do prefeito Amazonino Mendes têm espalhado a interlocutores que estão apoiando a candidatura de Artur Virgílio (PSDB), na expectativa de continuar nos cargos a partir de janeiro. Neste rol estão João Coelho Braga, Américo Gorayeb e Francisco Deodato. Resta saber se combinaram com o “russo”.

Na frente

A inteligência da campanha de Artur Virgílio (PSDB) está funcionando melhor que o mesmo setor da concorrência. Prova disso são as gravações que o candidato colocou no ar, afirmando que proporia ação conjunta ao governador Omar Aziz (PSD) e procuraria o senador Eduardo Braga (PMDB) para ajudá-lo a trazer recursos para Manaus. Detalhe: os dois são os principais apoiadores de Vanessa Grazziotin (PCdoB).

Reação

Vanessa reagiu, colocando no ar o governador pedindo votos para ela. Também vai colocar no ar nos próximos dias a gravação do senador. E antes que Artur diga que também vai procurar Lula e Dilma, a candidata já prepara filmes com as duas lideranças petistas.
Polarizada

Se já estava polarizada antes, a eleição para prefeito de Coari agora está definitivamente reduzida à disputa entre o ex-prefeito Adail Pinheiro (PMDB) e o empresário Antonio Magalhães (PRB). O prefeito Arnaldo Mitouso (PSD) está praticamente fora do páreo depois que o Ministério Público o incluiu na relação daqueles que devem devolver mais de R$ 25 milhões surrupiados dos cofres públicos em sua gestão.

Boa notícia

Já Messias Cursino (PDT), em Parintins, comemorou a aprovação das contas de seu principal apoiador, o prefeito Bi Garcia (PSDB), pelo Tribunal de Contas do Estado. Os adversários apostavam num revés para tirar a dupla do páreo, mas, agora, terão que conviver com fôlego novo do grupo de situação. Quem conhece a Ilha Tupinambarana, aposta no acirramento da campanha a partir de agora.

Sem pai

Dados da Corregedoria do CNJ indicam que 89 mil estudantes de Manaus não possuem o nome do pai na Certidão de Nascimento. No Estado, são 170 mil. Por causa disso, no mês de setembro, o Núcleo de Conciliação do TJAM e o Núcleo de Práticas Jurídicas do UniNorte estarão intensificando por meio do projeto Meu Pai é Legal, as ações de conscientização para aumentar o reconhecimento espontâneo de paternidade na capital .

Atendimento

O projeto Meu Pai é Legal dispõe de dois postos de atendimento ao público: o primeiro, no Núcleo de Práticas Jurídicas do Uninorte (unidade 7, rua Major Gabriel, Praça 14, funcionando no horário comercial, de segunda a sexta) e outro, no Polo Avançado do Núcleo de Conciliação das Varas de Família (avenida Pedro Teixeira, 1.000, ao lado da Delegacia Geral, funcionando no horário das 8h às 15h, de segunda a sexta).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email