Frente & Perfil: Anselmo Chíxaro é prefeito de Manaus

Salários na rede

A Câmara Municipal de Manaus está colocando em seu site a lista dos funcionários, efetivos e comissionados, com os respectivos salários. Vai dar panos para a manga. Servidores que incorporaram vantagens e incharam muito os vencimentos vão virar alvo da mídia. E não devem ficar satisfeitos com isso. A Mesa Diretora, entretanto, não quer problemas com a Justiça e a nova Lei da Transparência.

Sabino e o Facebook

Mal ganhou na Justiça determinação para que se retire do Facebook mensagens difamatórias contra ele, o candidato Sabino Castelo Branco (PTB) agora se vê diante da reprodução, na mesma mídia social, de grave denúncia da revista Veja, acusando-o de chantagear companhias telefônicas. Ele garante que não fez nada disso, mas desde domingo todas as redes sociais estão reproduzindo o conteúdo da publicação.

Temporários

A Câmara Municipal de Manaus aprovou um projeto no mínimo polêmico, que efetiva como servidores públicos municipais mais de seus mil funcionários contratados em regime temporário. Não existem maiores resistências políticas. Todas as principais correntes políticas se posicionaram a favor da medida. Na própria Câmara a votação foi unânime, entre os presentes: 26 x 0.

Inconstitucionalidade

O imbróglio que se prevê é o jurídico. Não faltam vozes se levantando contra e apontando inconstitucionalidades. A principal reação deve vir de aprovados em concursos públicos, que não foram chamados por falta de vagas, em função de contratos vigentes desses temporários. É de se prever uma enxurrada de ações contra a nova lei. De fato, a Constituição Federal é clara. Só têm direito à efetividade servidores contratados antes de 1988, que não é o caso desses.

Efeito dominó

Servidores contratados em regime temporário pelo governo do Estado já se assanham para pedir ao governador que tome medida igual. Omar Aziz está calado sobre o assunto. Deputados estaduais também serão pressionados a intervir em favor deles. Até porque também existem servidores do Poder Legislativo que possuem 20 anos de Casa e ainda são comissionados.

Medo da ilegalidade

A vereadora Mirtes Sales (PPL) foi quem externou, em nome dos colegas, o receio que existe entre todos os vereadores que votaram a Lei dos Temporários, ontem. “Estamos confiando no parecer da nossa procuradoria, que nos garante não ficar inelegíveis se votarmos essa matéria”, disse ela. É que a votação pode ser considerada eleitoreira pelo TRE. Não por acaso 12 vereadores faltaram à sessão. A maioria por causa desse medo.

Irregularidade

E por falar em ilegalidade a chegada da internet nas comunidades ribeirinhas está causando dor de cabeça em alguns candidatos. A população do rio Urubu, por exemplo, está denunciando com inúmeras fotos propaganda eleitoral irregular. As placas com nomes dos candidatos estão colocadas em lugar público, o que é proibido.

Achados e perdidos

Todo mês o Estado emite 8 mil novas carteiras de identidade. Em relação à segunda via, são 3 mil. Para diminuir esse volume de impressões o Amazonas lança na sexta-feira (17) uma rede de postos de achados e perdidos que vão funcionar nos PACs. O projeto “Documentos perdidos e achados” é uma parceria entre o Poder Judiciário e o governo do Estado. As pessoas precisam ter mais cuidado com os seus documentos.

Saúde do homem

A “Semana do homem” está proporcionando aos servidores da Aleam a oportunidade de realizarem alguns exames para prevenir o câncer de próstata. Alertados por uma série de palestras, dirigidas para o sexo masculino, alguns funcionários resolveram fazer o exame do “toque”. Até deputado aproveitou para agendar o exame. A iniciativa é pioneira e deveria ser seguida por outros órgãos públicos.

A todo vapor

Tudo pronto para os programas eleitorais das principais coligações. O corre-corre nas produtoras é intenso para preparar as primeiras peças, que vão ao ar na terça-feira (21). Em algumas delas o problema é a falta de pessoal especializado. A multiplicidade de candidaturas está fazendo faltar no mercado profissionais como diretor de fotografia, editor de imagens e finalizador com experiência em campanha.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email