Francisco Rider inicia temporada de “Fita/Corpo”

“Fita/Corpo” inicia temporada nesta quarta-feira, 10, às 19h30, no Lugar Uma De Artes (avenida Joaquim Nabuco, 1.436, Centro). O novo espetáculo do artista Francisco Rider explora a relação entre fitas adesivas, pele e ambiente por meio do movimento dos intérpretes. Os ingressos têm preços de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (artistas e estudantes).
“Fita/Corpo” dá continuidade às investigações do Projeto Cênica Corporal Uma, que Rider desenvolve desde 2007. “É uma proposta bem plástica: olhar o corpo como suporte para visualidades, e em interação com materiais de naturezas diversas”, explica ele.
Rider já usou papéis de bala, papelão, canecas de metal e até blocos de concreto em suas performances. Em seu novo projeto — contemplado pelo Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna 2013 e pelo Programa de Apoio às Artes/Proarte 2013, da Secretaria de Estado de Cultura —, o objeto da exploração artística é o esparadrapo.
“Pensamos na pele como um elemento do movimento, e na relação dela com a fita como se esta fosse uma camada, uma segunda pele”, descreve. “Ao se destacar, ela cria texturas sobre o corpo, modificando sua imagem. Aos poucos, o performer estabelece uma relação entre a fita, seu corpo e o ambiente”.
Rider assina a concepção e direção de “Fita/Corpo”. A criação, em conjunto com os intérpretes Ana Carolina, Damares D’Arc e Fabiano Barros, vem se dando a partir de aulas de improvisação, criação e abordagens somáticas do artista. Barros, também artista visual, é responsável pela assessoria plástico-visual.
Após a estreia, haverá um bate-papo entre público e artistas sobre a performance. Os chamados Diálogos serão realizados também no dia 12, com mediação da semioticista Ecila Mabelini; dia 13, com o historiador e artista visual Otoni Mesquita; dia 19, com a comunicóloga Mirna Feitoza; e dia 20, com o diretor teatral Chico Cardoso.
Em paralelo à temporada, será realizada a mostra fotográfica “O Workshop: Geografias Manauaras”, de João Paulo Machado. O acervo registra o workshop promovido por Rider em agosto, como parte do projeto “Fita/Corpo”. A atividade teve participação dos performers Ademir Oliveira, Fabiano Barros, Demmy Souza, Daniela Alves e Ana Carolina Souza.
A temporada de “Fita/Corpo” acontece de 10 a 14 e de 17 a 21 de dezembro, no Lugar Uma De Artes. Os ingressos custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (artistas e estudantes).

Lugar Uma De Artes – A temporada de “Fita/Corpo” marca a abertura do espaço, que irá abrigar as ações de investigação e experimentação artística do Projeto Cênico Corporal Uma, de Francisco Rider. O local deverá receber ainda ensaios, performances, encontros e exibições de arte de outras companhias, grupos e criadores parceiros.
Projeto Cênica Corporal Uma – Trata-se de um laboratório de investigação e experimentação nas áreas da Dança Contemporânea e das Artes Visuais. A ação desenvolvida por Francisco Rider desde 2007 já deu origem a projetos como “BloCorpo” (2009/2010), “Figuras transitórias/Figuras caminhantes” (2011), “Chãu” (2013) e “Hescuta” (2014).
Perfil – Nascido em Manaus, Francisco Rider é um artista brasileiro de Dança Contemporânea. Trabalhou no circuito alternativo em São Paulo, de 1990 a 1995, e no cenário artístico de Nova York, de 1996 a 2006. Desde 2007, desenvolve em Manaus o Projeto Cênica Corporal Uma.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email