22 de janeiro de 2022

Bom dia. Dando sequência aos nossos artigos sobre LASER vamos continuar falando um pouco mais de Fotobiomodulação mostrando a amplipute de possibilidades de trabalho e tratamento que podemos oferecer aos nossos pacientes.

Hoje vou finalizar, por momento, o assunto LASER. Nos temas artigos anteriores foram abordados LASER de ALTA POTÊNCIA DIODO, BAIXA POTÊNCIA VERMELHO e INFRA VERMELHO e sobre ILIB.

No artigo de hoje vou trazer um pouco do LASER DE ALTA POTÊNCIA ÉRBIO.

Diferente do LASER DE ALTA PONTÊNCIA DIODO, que trabalham em comprimentos de ondas variando de 800 a 980um, os LASER DE ALTA POTÊNCIA ERBIO trabalham em comprimentos de onda maiores, de 2780 a 2940um, e consequentemente estimulando e atuando em tecidos biológicos diferentes do DIODO. Dessa maneira podem ser utilizados para procedimentos cirúrgicos e clínicos.  

Com base nesse comprimento de onda, os LASER DE ERBIO terão atuação principalmente nas moléculas de água e de Hidroxiapatita o que fará que atuem em tecido mole e tecido duro como osso e esmalte dentário.

Ainda possuem mais uma vantagem, como sua velocidade de pulso de trabalho esta na base dos milésimos de segundos, sua atuação não é capaz de provocar excitação das fibras nervosas o que muitas vezes nos permite trabalhar sem a necessidade de anestesia. Olha que legal, quando você imaginou em fazer um procedimento ODONTOLÓGICO SEM ANESTESIA. 

Inúmeras são as indicações para esse LASER. Para remoção de caries, remoção de excesso de gengiva, cortes ósseos, cirurgias do freio lingual, remoção de tecido hiperplásico, cirurgias de remoção de manchas da gengiva. 

Não é um LASER indicado para biomodulação ou descontamincação de áreas com infecções, para isso usamos os de baixa potência como já explicado em artigos anteriores.

Bem, há muito o que se pode falar sobre LASERS na ODONTOLOGIA, esse é um caminho sem volta com uma tecnologia que veio para ficar e agregar valores aos tratamentos já existentes ou mesmo ser ele o tratamento em si.

Quer saber mais? Acesse www.drflaviofayad.com.br

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email