Bom dia. Como havia prometido no artigo da semana passada, vamos continuar falando um pouco mais de Fotobiomodulação mostrando a amplipute de possibilidades de trabalho e tratamento que podemos oferecer aos nossos pacientes.

Hoje vou falar um pouco sobre as inúmeras aplicações do LASER DE BAIXA POTÊNCIA INFRA VERMELHO. 

Este LASER de baixa potência INFRA VERMELHO devido ao seu comprimento de onda que fica na faixa dos 800nm, em uma fibra ampla o suficiente para não concentrar energia a ponto de promover vaporização do tecido e sim somente estímulo cicatricial nas células superficiais do tecido trabalhado, se torna absorvível muito mais pelas moléculas de água presentes nos tecidos do corpo humano.

Assim é um equipamento ideal para o tratamento terapêutico para lesões aos tecidos mais profundos como músculos, nervos, vasos linfáticos e tecido ósseo. 

As indicações clínicas são inúmeras, como:

1 Neuralgia do nervo trigêmeo, melhorando na sensibilidade dolorosa das áreas afetadas

2 Parestesia neurológica, estimulo para as fibras nervosas voltarem a funcionar normalmente

3 Edemas pós operatórios, estimula a rede linfática a fazer drenagem local do edema

4 Dor pós operatória, diminui edema e regula o funcionamento neurológico

5 Cicatrização óssea, por atuar nos osteoblastos para estimulo ósseo

6 Dor localizada na ATM e em pontos dolorosos no pescoço e na face

Com essa gama de possibilidades, o profissional que possui o LASER DE BAIXA POTÊNCIA VERMELHO E INFRA VERMELHO, pode oferecer aos seus pacientes melhores resultados no tratamento de herpes, aftas, infecções gengivais, infecções endodônticas, hemangiomas, neuralgia do trigêmeo, parestesia neurológica, dor local pós operatória, dor local na ATM, redução de edema pós operatória, cicatrização de tecido mole e tecido ósseo. 

Já perceberam que o LASER veio para realmente ficar e integrar a ODONTOLOGIA MODERNA  com outros equipamentos que temos disponíveis em nosso dia a dia de trabalho.

Procure sempre um profissional qualificado e gabaritado para seu melhor tratamento

No próximo artigo falaremos do LASER de ALTA POTÊNCIA,  que possui outras indicações tão importantes quanto o LASER de baixa potência.

 Quer saber mais? Acesse www.drflaviofayad.com.br

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email