Foco nas invasões de terra

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas vai intensificar o combate aos focos de invasão, em Manaus, a partir das denúncias anônimas ao 181, o serviço telefônico sigiloso do órgão. Nesta semana, a obra de uma residência construída ilegalmente em uma região em invasão no Educandos, zona centro-sul, foi desmobilizada. A pronta-resposta às denúncias pretende coibir o crime de invasão de terras, além de crimes ambientais e o tráfico de drogas, pois traficantes vêm estimulando a prática. A orientação é que a população faça as denúncias assim que as pessoas iniciem a ocupação de áreas, evitando que o espaço se consolide como moradia ou estabelecimento comercial. Podem ser denunciados focos de invasão em regiões de mata, terrenos urbanos, calçadas e meios-fios, igarapés e outras áreas de risco. Neste ano, até o momento, a SSP recebeu seis denúncias relativas a invasão de terras feitas pelo 181; em 2019, foram 13 denúncias recebidas. As ligações para o telefone de denúncia da SSP são sigilosas, gratuitas, e o serviço funciona 24 horas por dia.

VAI REABRIR

O secretário de Estado de Saúde interino, Marcellus Campêlo, e equipe técnica da secretaria reuniram-se com a direção do Hospital Delphina Aziz para tratar sobre a reabertura da unidade que, diante da pandemia do novo coronavírus, tornou-se exclusiva para atendimento de pacientes com a Covid-19.  Com a redução das internações e a necessidade de aumentar a oferta de procedimentos para atender as demandas da rede, a Secretaria de Estado de Saúde está elaborando o plano de retomada gradual dos atendimentos não Covid-19 no hospital.

ABACAXIS

Atendendo a um requerimento do Ministério Público Federal e de outras instituições, a Força Nacional informou que irá enviar 30 agentes para a região do rio Abacaxis, entre os municípios de Borba e Nova Olinda do Norte, para reforçar a segurança do local, onde estão ocorrendo conflitos e mortes. A população local acusa a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas/Polícia Militar de ser autora de violações cometidas contra os povos indígenas. A região faz parte dos Projetos de Assentamento Agroextrativistas Abacaxis I e II, que abriga indígenas e populações tradicionais.

LISTA NEGRA

Um total de 616 gestores e ex-gestores públicos do Amazonas — da capital e do interior — com contas reprovadas nos últimos oito anos figura na lista entregue pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Mario de Mello, ao Tribunal Regional Eleitoral e aos Ministérios Federal e Estadual. O prazo para a entrega da relação à Justiça Eleitoral, conforme a legislação, seria o sábado (15), mas foi antecipado pela presidência, durante entrevista coletiva virtual transmitida, de forma transparente, no Youtube, Facebook e Instagram.

GARANTIA

O senador Eduardo Braga (MDB/AM) obteve do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM/AP), o compromisso de acelerar a tramitação de um projeto que inclua as bacias hidrográficas do Amazonas na área de atuação da Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco. Devem ser também contempladas na matéria bacias pertencentes a Minas Gerais e a Roraima. Na prática, a presença da companhia no Estado possibilitará a execução de ações direcionadas para o desenvolvimento da agricultura irrigada, a revitalização das bacias hidrográficas, a estruturação de atividades produtivas, entre outras iniciativas.

licença

LICENÇA

A licença sanitária para atividades comerciais, industriais e de serviços considerados de alto risco sanitário tem novo prazo de validade no município. A mudança, estabelecida pela Prefeitura de Manaus, amplia de um para dois anos a vigência do licenciamento, obrigatório para atividades de interesse à saúde. Entre os tipos classificados como alto risco estão, por exemplo, hospitais, consultórios odontológicos, drogarias e indústria de alimentos.

SEM AFTOSA

O status sanitário de zona livre de febre aftosa sem vacinação, reconhecido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento na última terça-feira (11) e publicado no Diário Oficial da União de quinta-feira (14) permitirá a ampliação de mercado para pecuaristas de 13 municípios amazonenses e parte de Tapauá. Agora, eles estão aptos a comercializar bovinos e bubalinos para todos os estados do Brasil, exceto Santa Catarina, que exige o reconhecimento internacional, previsto para o próximo ano. 

ALINHAMENTO

A construção de um alinhamento de ações entre Suframa e Sudam foi a pauta do encontro ocorrido entre os superintendentes Algacir Polsin (Suframa) e Paulo Roberto Correia (Sudam). Durante a reunião, realizada na sede da Suframa, foram apresentadas frentes de trabalho comuns aos dois órgãos, que poderão ser trabalhadas por meio de cooperação técnica na área de abrangência comum às duas superintendências (Amazonas, Acre, Roraima, Rondônia e Amapá).

DE NOITE

O Teatro Amazonas abre as portas para visitação turística à noite, nos dias 18 e 25 de agosto, das 19h às 21h. A proposta de estender o horário vai proporcionar ao público acompanhar o ensaio da Amazonas Band.  O espaço recebe até dez pessoas por grupo para visitação em um roteiro reduzido, de 30 minutos. 

FRASES

“Não vou aprovar a criação de uma Delegacia para não investigar o que deve.” Wilker Barreto (Podemos), deputado estadual, único voto contrário à criação da Delegacia de Combate à Corrupção

“A felicidade para nós é estarmos fazendo frente a essa pandemia.” Cleinaldo Costa, reitor da Universidade do Estado do Amazonas, ao anunciar a realização do Vestibular e do Processo Seletivo da instituição

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email