FMI revisa para baixo previsões de crescimento

O FMI (Fundo Monetário Internacional) revisou em baixa suas previsões de crescimento mundial, segundo uma nota elaborada para a reunião do G20 (um grupo que consiste nas 19 maiores potências do mundo, junto com a União Européia), que acontece neste fim de semana, no Estado do Rio de Janeiro, indicou na terça-feira uma fonte próxima a uma delegação do G20.
A instituição financeira fixou em 3,9% sua expectativa, contra 4,1% de antes, para 2008, informou a fonte.
Para 2009, o Fundo Monetário Internacional reduziu sua previsão de crescimento mundial de 3,9% para 3,7%.

Reunião de ministros

“O FMI divulgou esta nota em vista da reunião dos ministros das Finanças dos países do G20 sábado e domingo no Rio de Janeiro”, indicou a fonte.
Ao lado de grandes potências econômicas do G7 (Estados Unidos, Alemanha, França, Itália, Japão, Canadá e Reino Unido), o G20 engloba várias potências emergentes, países em desenvolvimento, entre as quais a China, a Índia, o Brasil, a Rússia e a África do Sul.

Linha de crédito

O BCE (Banco Central Europeu) anunciou na terça-feira a criação de uma nova linha de crédito no valor de US$ 20 bilhões, a juros fixados em 2,38% e com vencimento de 28 dias, em uma operação com o Federal Reserve (FED, banco central norte-americano).
Segundo informou o BCE, 69 bancos europeus participaram desta operação de refinanciamento, e solicitaram US$ 89.25 bilhões.
Os bancos comerciais da zona do euro deverão devolver a quantia que lhes forem financiadas em dólares ao Banco Central Europeu em 25 de setembro.
O Banco Central Europeu realiza estas operações extraordinárias de injeção de liquidez dentro do acordo de divisas recíproco de caráter temporário com o FED (Federal Reserve).
As duas autoridades monetárias executam estes leilões para cobrir as necessidades de liquidez em dólares dos bancos estabelecidos na zona do euro, já que há escassez de efetivo da moeda norte-americana devido à crise financeira.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email