25 de fevereiro de 2021

Quatro em cada 10 consumidores no mundo (40%) tem instalados em seus dispositivos pessoais entre um e três aplicativos desenvolvidos por startups do setor financeiro, as fintechs. É o que aponta uma pesquisa com 10 mil usuários e líderes de negócios do Reino Unido, Japão, Austrália, Estados Unidos, México e Brasil realizada pela especialista em segurança ESET. 

O problema é que apenas metade desses 40% tem algum software de segurança instalado em seus dispositivos pessoais, e 62% usam gerenciadores de senhas inclusive para esses serviços financeiros, prática considerada arriscada.  

Outros 22% possuem quatro ou mais aplicativos e são considerados heavy users de serviços financeiros. Esse perfil é mais cauteloso: 63% desses usuários protegem os dispositivos com softwares de segurança. 

Recuperação pós-Covid 

O estudo examina aspectos de experiência dos usuários com tecnologia financeira e preocupações com segurança, transações e dados financeiros, uso de aplicativos e perspectivas de negócios diante da pandemia de Covid-19. O segmento da pesquisa que analisou hábitos dos consumidores revelou que apenas um terço (33%) dos ouvidos não mudou algum comportamento bancário durante os bloqueios e quarentenas.  

Já entre os líderes empresariais, mais de dois terços (68%) esperam que os investimentos de suas organizações em serviços de fintechs aumentem em 2021 e 2022. Mais da metade já está usando processadores de pagamento online e contabilidade online para gerenciar finanças, e um terço considera o uso de tecnologia regulatória (RegTech), bancos sem agências e tecnologia de seguros (InsurTech). 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email