Financiar pode ser agora em até 80 meses

O Bradesco ampliou de 60 para 80 meses o prazo máximo de financiamento de veículos zero quilômetro. A alteração segue movimento já registrado em outras instituições financeiras de grande porte. Nas duas últimas semanas, o Santander e Itaú Unibanco anunciaram que o número máximo de prestações mensais passou de 60 para 72 meses. “O momento atual nos dá conforto para trabalhar com esses prazos”, afirmou o diretor executivo do Bradesco, Ademir Cossiello. A instituição pede uma entrada mínima de 20%.
Outra alteração diz respeito às taxas de juros. Correntistas do Bradesco pagarão a taxa mínima de 1,2% ao mês, ante 1,52% ao mês praticada anteriormente. Para os demais clientes, como aqueles que irão financiar o veículo em concessionárias parceiras da financeira Finasa, a taxa poderá ser outra.
De acordo com Cossiello, a ampliação dos prazos foi possível porque há indicações de que a taxa de desemprego deixará de crescer e, com isso, a inadimplência tende a ser mais controlável. “A inadimplência está ligada ao nível de emprego e renda e à atividade econômica. O Brasil já apresenta sinais de retomada”, afirmou.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email