Financiamento de motos mantém pique com IOF em alta

Apesar da alta da taxa do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), representantes de concessionárias de motocicletas de Manaus informaram que até o momento os negócios não foram prejudicados com a alteração. No ano anterior, as revendedoras consultadas (Sundown Motos, TV Lar Motos e Amazonas Moto Center) registraram incremento entre 12% e 25%. Hoje, as taxas de juros dos financiamentos contratados nestas lojas variam entre 2% e 3% ao mês.

A Sundown Motos registrou incremento de 25% nas vendas no ano passado. Segundo o gerente da loja, Juan Mário Guzman, os constantes engarrafamentos no trânsito de Manaus foi um dos principais motivos do crescimento na procura pelas motocicletas. “Outro fator que motivou a alta nas vendas foi a facilidade de pagamento oferecida pela loja, que disponibiliza financiamento sem entrada”, disse.

No ano passado, os modelos mais vendidos foram o de 100 e 125 cilindradas com preços que variam entre R$ 4.500 e R$ 5.900. O gerente da Sundown Motos disse que os preços e a garantia de dois anos também contaram para a alta nos negócios de 2007. “O pacote formado por financiamento, preço e garantia foi o principal atrativo”, disse. No total, a revendedora oferece dez modelos diferentes entre popular e arrojado, que vão de 100 até 250 cilindradas. Em média, a loja vende 60 unidades mensalmente.

Apesar do aumento da IOF, o gerente estima crescimento de até 30% neste ano. De acordo com o executivo, a medida vale para todas as revendedoras, nenhuma terá vantagem em detrimento da outra. “Todo o mercado vai sofrer com o aumento deste imposto. Portanto, ficará a critério do cliente escolher”, avaliou.

Taxas de juros saem entre 2% e 3% ao ano

O financiamento é o plano mais procurado na loja, que disponibiliza ainda o crediário e o consórcio. Conforme o gerente, as motocicletas financiadas saem com taxa juros entre 2,7% e 3% ao mês. Mas, com a alteração na alíquota da IOF, a concessionária espera uma nova tabela da tarifa. Neste intervalo, os clientes são orientados de que pode haver alguma mudança no valor da taxa.

Na TV Lar Motos, revendedora das motos da marca Yamaha, o acréscimo no IOF não prejudicou as vendas, segundo o gerente Roberto Câmara. “Por enquanto, não sentimos nenhuma retração”, disse. O executivo informou que atualmente a taxa de juros do financiamento é em média de 2% por mês sem perspectiva de aumento mesmo com a mudança no imposto. A projeção é de obter alta de 15% nas vendas deste ano.

No ano anterior, a loja alcançou incremento de 12% na comercialização de motos. Os modelos básicos com partida de pedal e elétrica foram os mais vendidos em 2007. Os preços das motocicletas que apresentaram maior saída vão de R$ 6.200 a R$ 6.800. Além destes modelos, a TV Lar Motos vende a “Neo” de 115 cilindradas; “Fazer” de 250 cilindradas e a “Lander” 250, especifica para trilhas e estradas.

Oferta de emprego estimula negócios

A revendedora da Moto Honda, Amazonas Moto Center, alcançou a projeção de vendas de 2007. Segundo o gerente de produtos especiais, Hector Duran, a expectativa era obter o incremento entre 10% e 15% nas vendas do ano passado em relação a 2006. “O crescimento das vendas de motos ficaram neste patamar”, disse. O modelo que obteve maior saída em 2007 foi a linha de 125 cilindradas, que custa em média R$ 5.900.

O executivo explicou que o motivador do crescimento da procura por motocicletas no ano anterior foi a maior oferta de crédito e de emprego, além da entrada de modelos de motos mais baratos. De acordo com o gerente, o aumento do IOF não prejudicará os financiamentos de motos. “A projeção para 2008 é alcançar alta nas vendas entre 10% e 15%, comparando ao mesmo índice obtido no ano anterior”, garantiu. A taxa de financiamento realizado na Amazonas Moto Center é de 2,5% ao mês.

O economista Rodemarck Castello Branco confirmou que a modificação na alíquota do IOF não atingirá significativamente os negócios das concessionárias de moto

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email