Fim da linha para o March no Brasil

O Nissan March deixa de ser fabricado no Brasil, informação que é confirmada oficialmente pela fabricante. O hatch chegou ao Brasil em 2011, primeiramente trazido do México. Três anos depois, passou a ser feito em Resende (RJ), onde acaba de parar de ser montado. Ainda conforme a marca japonesa, todos os serviços de manutenção e reposição de peças para os proprietários vão se manter inalterados.

As baixas vendas do modelo e a necessidade da marca se adequar à realidade atual do mercado acabaram tirando o Nissan March de linha no Brasil. O carro chegou a ter mais de 20 mil unidades vendidas anualmente, volume que despencou para 6.897 no ano passado. Nos primeiros sete meses de 2020, foram apenas 2.208.

Com isso, o Nissan vinha sendo vendido somente nas versões com motor 1.6, com preço entre R$ R$ 60.590 na versão SV e R$ 69.990 na SL com câmbio automático CVT, defasado em relação ao modelo vendido em outros mercados, onde está a uma geração na frente da que acaba de sair de linha no Brasil. Com isso, a linha de montagem fluminense passa a fabricar apenas os modelos Kicks e V-Drive .

Por causa do domínio dos SUVs no mercado atualmente, com 38,3% das vendas em julho último, ante 26,8% dos hatches pequenos, conforme dados da Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos), além dos menores volumes de vendas provocados pela crise econômica desencadeada na pandemia do novo coronavírus, a nova geração do March deixou de ser interessante no Brasil.

Versão para PcD do T-Cross chega à linha 2021

VW T-Cross Sense preserva itens de segurança

epois de atualizar as versões normais, chegou a vez de a Volkswagen lançar a linha 2021 do T-Cross Sense, configuração do SUV compacto que é voltada para o público PcD (Pessoas com Deficiência). Com preço de R$ 69.990 sem as isenções previstas por lei, está disponível para pré-reserva nas concessionárias.

Principal destaque da linha 2021 do SUV, a central multimídia VW Play está indisponível no T-Cross Sense , que deixa de sair de fábrica com o sistema de som. Outras baixas foram as rodas de liga leve de 16″ e até os logotipos da motorização. Todos esses itens passam a ser oferecidos como opcionais.

Por outro lado, o T-Cross Sense incorporou faróis com ajuste de altura do facho e segue com todos os itens de segurança da linha 2020, numa lista que inclui airbags laterais e de cortina e controles eletrônicos de tração e estabilidade.

Fiat 500 elétrico chega ao Brasil em 2021

O novo Fiat 500 já começou a ser vendido fora do Brasil

Revelado em março deste ano, o novo Fiat 500 elétrico começa suas vendas na Itália e é confirmado oficialmente para chegar ao Brasil em 2021. Com linhas atualizadas, o carrinho ficou ainda mais estiloso e moderno, inclusive por dentro, onde passa a ter uma larga tela no centro do painel.

Por fora, o novo Fiat 500 elétrico tem entre as principais novidades um logo estilizado com a inscrição “500” no lugar do símbolo da Fiat. Faróis ovalados de LED, novos vincos da carroceria e jogos de rodas inéditos estão entre as principais, bem como o volante multifuncional, de apenas dois raios, rodas de 17 polegadas, inserções cromadas nas janelas e painéis laterais, além de forro em couro ecológico, que também envolve o painel e os bancos.

Além do teto solar panorâmico, na traseira do Novo 500 elétrico, destaca-se sua porta traseira, agora mais pronunciada, para melhorar a eficiência aerodinâmica.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email