Fieam destaca investimentos para novas indústrias no PIM

O presidente da Fieam ( Federação das Indústrias do Estado do Amazonas), Antonio Silva, disse que os 16 projetos aprovados para novas indústrias pelo Codam (Conselho de Desenvolvimento do Amazonas) evidenciam a credibilidade do modelo Zona Franca de Manaus.
Para Antonio Silva, os investimentos, que devem gerar dois mil empregos, demonstram cenário que confirma o PIM (Polo Industrial de Manaus) como atrativo para investidores que buscam a ampliação dos negócios, firmando suas fábricas no PIM.
O superintendente da Suframa, Thomaz Nogueira, lembrou que em um parque industrial existem empresas em expansão e em retração, padrão normal de mercado e da economia, no qual alguns investimentos se instiguem e outros se desenvolvem ainda mais.

Crescimento

“Temos indústrias passando por dificuldades, mas isso deve ser visto como questão de mercado. O momento do PIM é de crescimento, portanto temos que desmistificar o conceito de casos isolados de algumas empresas para que não se torne algo sistêmico”, ressaltou Nogueira, destacando que o PIM está em plena capacidade de atrair novos investimentos, exemplo disso foram os 42 projetos apresentados na tarde de quarta-feira (24), apesar de dois terem sido retirados da pauta, posteriormente.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email