Festas Juninas agitam comércio de Manaus

De roupas típicas a fogos de artifícios e itens de decoração, a expectativa dos empresários é que neste ano a venda dos produtos de Festas Juninas seja maior do que em 2010, quando tiveram que competir com a venda de artigos para a Copa do Mundo

De roupas típicas a fogos de artifícios e itens de decoração, a expectativa dos empresários é que neste ano a venda dos produtos de Festas Juninas seja maior do que em 2010, quando tiveram que competir com a venda de artigos para a Copa do Mundo.
Para Marcos Siqueira, encarregado de fogos na Foguetaria Nova Esperança, no bairro Cachoeirinha, zona Sul de Manaus, este ano o movimento teve queda de 20%, comparado a 2010. “Acredito que isso está ocorrendo devido a perda da tradição nas festas típicas”, disse.
Mas, mesmo com o fraco movimento ele conta que os produtos que mais tem saído são os estalos, que custam R$ 1,50, as estrelinhas, R$ 5, chuva colorida, R$ 12, e também o rojão 12/1, que sai por R$ 12. “Grande parte são clientes que estão fazendo festas em empresas e arraial”, destacou Siqueira.
Na Foguetaria São João, localizada na Praça 14, zona Sul, não está diferente. “Por enquanto o movimento está bem devagar”, afirmou funcionário do estabelecimento, Abel Santos, que ressalta que no ano passado as vendas foram melhores devido à Copa.
Ele acredita que até o final do período junino as vendas melhorem.

Roupas e decoração

Já no quesito roupas e decorações, os empresários comemoram o aumento nas vendas. Como no caso do comerciante Manoel Bandeira, proprietário do Armarinho Manoela, que conta ter tido crescimento de 20%, com relação ao ano passado, nas roupas para Festas Juninas e acessórios para confecção das vestimentas. “Maior parte dos clientes são pais que procuram roupas e acessórios para as crianças participarem das festas no colégio”, disse. Trajes típicos, como vestido, podem ser encontrados a partir de R$ 20, chegando até a R$ 150.
Para a gerente da Lilás Festas, Manoela Brito, o movimento começa a aquecer a partir desta semana. “Após o Dia dos Namorados acho que vai haver uma melhora nas vendas dos artigos para festas, até porque este período de festas juninas costuma durar até o mês de agosto”, salienta que até o momento a procura tem sido 20% mais fraca, comparado a 2010. Ela conta também que a procura que tem existido são por artigos de decoração, como balão, que custa em média R$ 7 a R$ 15 , e painéis, a partir de R$ 5.
Na Tropical Festas, o movimento está dentro das expectativas, informou o gerente da loja, Allan Filho, que teve 20% de crescimento nas vendas. “Festa Junina é um período muito bom para vendas e este ano não está diferente”, ressalta.
No estabelecimento, item típico como chapéu de palha, sai a partir de R$ 1,50, bandeirola, R$ 1,90, balão, R$ 1,50. Além disso, Filho fala que itens novos, como a tiara com chapeuzinho de palha, que custa de R$ 7,50 a R$ 9,50, são os produtos mais vendidos. Ele acredita que esse crescimento se dá devido à situação econômica do país.
Como para o casal Nilce e Domingos Oliveira, que com a lista na mão pesquisavam itens para a festa que irão realizar em casa. “O segredo, que na verdade não é segredo nenhum, é pesquisar e pechinchar”, disse Domingos.
E a dona de casa Marília da Silva, que estava em busca de trajes típicos para os filhos, concorda. “Acho que os preços não estão muito diferentes dos do ano passado não”, revela.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email