4 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Felicidade relativa ao alcance de todos

Todos podem alcançar a felicidade relativa neste mundo Terra, desde que saibam viver, porque a completa, de fato, não existe. Todos querem o que é bom e o que é de muito valor. Querem, portanto, às vezes, o impossível, e sentem-se infelizes, quando não conseguem o que almejam.

Sendo a felicidade relativa, e variando de individuo para indivíduo, a criatura pode alcançá-la, porque ela está bem perto, desde que não dispersem os ideais, não dispersem o tempo com coisas inúteis, façam o possível para ser honestos, verdadeiros e educados, e estarão no caminho de alcançar a tão almejada felicidade.

Infelizmente as criaturas querem o impossível, querem aquilo que não podem ter, querem as coisas rapidamente e perdem tempo, muitas vezes culpando terceiros, por se sentirem infelizes. Pobre humanidade!

O Racionalismo Cristão, através das suas obras e doutrinações, ensina que é preciso aprender e guardar as lições, que é preciso estudar, que é preciso sempre aprender mais e mais porque o saber é infinito. O espírito, portanto, de encarnação em encarnação, sobe mais uns degraus, desde que se esforce para aprender, fazendo, dessa forma, a sua evolução espiritual.

Os amigos da Doutrina, aqueles que dela gostam, os que a apreciam, os que aqui vêm por prazer, por gosto, que a procuram, estes fazem questão de aprender e aprendem até com uma certa facilidade. Quando realmente se dedicam a essa aprendizagem, não encontram dificuldades porque não querem coisas impossíveis e, como sabem, a natureza não dá saltos. Por isso, a criatura tem que caminhar para alcançar as coisas, tem que se desdobrar, tem que se tornar melhor, dia a dia, sendo mais honesta e mais capaz.

Esta Doutrina, temos certeza, satisfaz a criatura humana, porém levará tempo para que todos a possam conhecer profundamente, mas não importa, porque o espírito tem pela sua frente o tempo, esse fator que decide, que ajuda. Se não se aprender hoje, aprende-se amanhã, o erro que se comete hoje não se deve cometer no futuro, porque o homem, através da experiência, chega à conclusão de que o erro não traz vantagem.

Esta Doutrina ensina através das suas obras que são aqui recomendadas sempre, não pelo prazer que o Racionalismo Cristão tem em vendê-las, mas, sim, pelo prazer imenso que sentem os instrumentos desta Casa e o Astral Superior em que a humanidade aprenda. Esse é o fator decisivo.

Esta Doutrina explana aquilo que é verdadeiro, aquilo que é útil, aquilo que ajuda o ser humano a romper as barreiras da ignorância para se transportar, através da inteligência, para campos mais vastos, mais lúcidos e de maior clareza.

Caminhem, pois, com segurança, pés firmes na Terra, cabeça levantada para que, através do pensamento, a criatura crie imagens positivas e nunca negativas.

Jamil Merched Chaar.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email