Feira do Cigs já movimentou mais de R$ 5 milhões em 58 edições

O balanço feito pela ADS (Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas) mostrou que as feiras realizadas quinzenalmente no CIGS (Centro de Instrução de Guerra na Selva) já movimentaram mais de R$ 5 milhões nas 58 edições realizadas desde fevereiro de 2008 quando a feira iniciou por meio da parceria entre o governo do Estado e o Exército Brasileiro através da 12ª Região Militar da Amazônia.
Nesses dois anos, os produtores rurais amazonenses já comercializaram um total de 1.148.178 quilos de gêneros alimentícios extraídos da agricultura familiar como frutas, hortaliças, doces, pescado (piscicultura) com escama e processado, grãos (feijão e farinha), queijos, polpa de frutas regionais (cupuaçu, o açaí, manga, graviola, acerola), além de carnes bovina, ovina e suína.
Na relação das ofertas, constam itens que já vinham desaparecendo do hábito do amazonense, como o biju de farinha não mais encontrado em pontos convencionais de Manaus. “Costumamos dizer que a feira é uma vitrine do potencial agropecuário do Amazonas, incentivado pelo programa Zona Franca Verde, que funciona também como um instrumento de resgate dos hábitos e costumes de alguns gêneros não mais encontrados nas feiras tradicionais”, destacou o diretor-presidente da ADS, Valdelino Cavalcante.
O presidente da Agência lembrou que também são encontrados produtos como mel de abelha, doces e produtos orgânicos – cultivados sem a presença de fertilizantes químicos – experiências que está ocupando espaço dentro do Programa Zona Franca Verde e por meio da parceria entre ADS e Suframa para a certificação de produtos como o cacau, a castanha e o açaí. A feira de produtos regionais como ficou conhecida já atraiu de 2008 até a última edição realizada 156.810 visitantes que vêem nos produtos dois diferenciais: a qualidade das ofertas a preços acessíveis ao bolso do consumidor. A feira é abastecida, em média, por 66 cooperativas e associações envolvidas. A próxima edição será no próximo sábado, dia 03 de julho, a partir das 6hs.

Feira Vitello

Na zona norte de Manaus, a feira de produtos regionais no Vitello, realizada todos os sábados, já responde por um volume de R$ 135.372,00 de produtos comercializados em apenas 08 versões.
A iniciativa faz parte da parceria público-privada que, a exemplo da feira no CIGS, está conquistando o público que vai ao frigorífico comprar carne. O número de visitantes já atinge uma média de 1500 pessoas por feira realizada.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email