FED injeta mais US$ 16,75 bi no sistema financeiro

O Federal Reserve (FED, o BC americano) injetou, na segunda-feira, US$ 16,75 bilhões no sistema financeiro do país, através de operações de recompra de dívida com um dia de prazo.
Em sua primeira operação da semana, o banco central americano decidiu comprar US$ 10,786 bilhões em títulos do Tesouro em propriedade de outras entidades, assim como US$ 5,723 bilhões em títulos de agência, todos através do Fed de Nova York (uma das 12 divisões regionais do Banco Central americano), responsável por esse tipo de operação.
Do total de dívida adquirida nesta operação -a uma taxa de juros máxima de 5,32% e com vencimento em um dia-, apenas US$ 241 milhões, no entanto, tinham apoio de créditos hipotecários.
O setor hipotecário passa por uma crise de falta de efetivo que está afetando os mercados financeiros, devido à grande quantidade de hipotecas de alto risco (subprime), ao arrefecimento do ritmo de crescimento dos preços dos imóveis e à conseguinte perda de confiança por parte dos investidores.
A compra de instrumentos financeiros é a principal ferramenta do Fed para injetar liquidez no sistema e contribuir para manter a taxa de juros interbancária perto de seu objetivo, que agora está em 5,25%.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email