Febraban anuncia apoio para pequena empresa

A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) e o ITS (Instituto de Tecnologia de Software), com o apoio da Softex, órgão do Ministério do Desenvolvimento, vão promover durante o Ciab Febraban 2010 o “Espaço Inovação”. A iniciativa já beneficiou 98 empresas brasileiras start-ups que apresentam inovação em Tecnologia da Informação.
O Espaço Inovação é um estande coletivo, franqueado pela Febraban e organizado pelo ITS, viabilizando 24 empresas, de capital nacional, que sejam iniciantes (com limite de faturamento até R$ 5 milhões ao ano), mas que desenvolvam tecnologia da informação, possam expor durante o Ciab Febraban, maior evento da área financeira.
O objetivo é aproximar essas pequenas empresas do maior mercado comprador de TI do Brasil. O setor financeiro, ano após ano, e reconhecido por todos os institutos de pesquisas do país, é o maior investidor brasileiro, sendo responsável por quase 20% de todas as compras realizadas, ou perto do triplo que é investido por outros setores individualmente.
Descartes Teixeira, da Softex, explica que o objetivo principal é dar condições para ver florescer no país verdadeiras inovações e empresas inovadoras em TI. O instituto recebe cerca de 60 projetos de produtos ou soluções inovadoras em tecnologia por ano, seleciona (através de um júri composto por acadêmicos, empresas de investimentos, representantes de bancos e consultores) 24 deles e viabiliza a exposição dessas empresas diretamente aos bancos.
Ele explica que o Espaço Inovação, na sua sexta edição anual, é visto pela comunidade que interage com o evento como uma iniciativa social e econômica inédita no Brasil, uma vez que o projeto incentiva o crescimento de micro e pequenas empresas com potencial de se tornarem grandes no futuro, devido sua capacidade de inovar e atender demandas dos setores. Para inscrições e informações consulte o site do ITS www.its.org.br
Dentre as empresas que já passaram pelo estande do Espaço Inovação, muitas já são conhecidas no setor financeiro, angariaram importantes clientes e já registram carreira internacional, tais como Navita, SML, Grupo HDI, eWay e BRToken.
O grupo HDI, que desenvolve uma tecnologia de testes de ambientes corporativos inédita pelo seu grau de sofisticação, por exemplo, começou no Espaço Inovação e hoje já tem subsidiária no Chile, operações na Colômbia, Portugal e Espanha.
A empresa possui 77 funcionários diretos e movimenta até 200 indiretos na área de infra-estrutura e desenvolvimento. Com um faturamento aproximado de R$ 7 milhões em 2009, a empresa tem muitos motivos para esperar alta de 150% no total nesse ano. Com 12 grandes clientes na área financeira (incluindo seguros), a tecnologia de automação de testes HDI está presente na Tokio Marine, Cielo, Itaú e Smart.NET. No exterior os destaques são os bancos Caixa Geral de Depósitos, em Portugal e o Bancolombia, na Colômbia.
Para o presidente da empresa, Marco César Bassi, a principal aposta da HDI são as suas soluções que incluem robótica fazendo com que os testes automatizados também incluam hardware como caixas eletrônicos e até celulares.
“O Grupo HDI investiu muito em suas soluções com robótica tradicional para trabalhar na certificação de sistemas envolvendo hardware. Atualmente, estamos focando no braço robótico para equipamentos como pin pad, ATMs, celulares e máquinas de cartão de crédito. Desenvolvemos uma mesa robótica para que tenhamos características de produção, como maior capacidade de repetição e menor tempo de setup”.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email