Faturamento histórico em janeiro

Repetindo o bom desempenho em moeda nacional de 2013, o PIM (Polo Industrial de Manaus) registrou em 2014 o melhor janeiro desde a criação da Zona Franca de Manaus, há 47 anos, com um faturamento que superou os R$ 6,45 bi. De acordo com dados parciais dos Indicadores de Desempenho do Polo Industrial de Manaus, divulgados ontem pela Suframa, o crescimento do faturamento em reais, em relação a janeiro de 2013, foi de 20,15%, o maior em quatro anos. Já em dólares o faturamento foi de US$ 2,70 bi e a variação, também positiva, foi de 2,43%.
O setor de eletroeletrônicos e bens de informática foi o que mais contribuiu com a alta, com um faturamento de R$ 3,23 bi no período e alta de 0,62% em relação ao primeiro mês do ano passado. Logo em seguida aparece o setor de duas rodas, que contribuiu com R$ 1,02 bi e incremento de 3,61% de faturamento.
O resultado positivo no setor eletrônico já era esperado, impulsionado pela expectativa em torno da Copa do Mundo 2014. Já o desempenho do setor de duas rodas surpreende, devido à crise pela qual vem passando há pelo menos dois anos. Mas segundo o presidente do Sinmen (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Eletrônicos de Manaus), Athaydes Mariano Félix, apesar do bom desempenho em 2014, ainda é cedo para comemorar, já que, em relação a janeiro de 2014, não houve incremento na produção.
“Vendemos aquilo que estava estocado, não o que foi produzido. A produção não foi muito ruim (em janeiro), mas ficou abaixo do que foi produzido em janeiro do ano passado”, justificou.

Greve preocupa
Além disso, Athaydes Félix admite que a greve dos servidores da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus) poderá, embora de maneira menos drástica que em outros setores, afetar negativamente o desempenho do polo de duas rodas.
“Vai prejudicar de alguma forma, só que não tão contundente porque 95% das matérias-primas importadas do setor de duas rodas caem em canal verde. Sem sombra de dúvidas isso vai trazer transtornos, teremos dificuldades, mas creio que logo se entrará em acordo sobre aquilo que é essencial ao PIM, tenho certeza disso”, acredita o vice-presidente da Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas).

Produtos
Confirmando os dados de faturamento, entre os principais produtos, insumos e exportações da indústria amazonense em janeiro estão os televisores com tela de LCD, com R$ 968,6 mi em vendas, e motocicletas, motonetas e ciclomotores, que registraram R$ 794,6 mi em ganhos. Também tiveram destaque os telefones celulares e condicionadores de ar split, com R$ 561,3 mi e R$ 331,7 mi, respectivamente.

Mão de Obra
O saldo de empregos na indústria foi de 821 postos de trabalho diretos em janeiro de 2014, com média mensal (soma dos postos efetivos, temporários e terceirizados) de 124.312 vagas. A geração de empregos foi 2,35% melhor que o registrado em igual período do ano passado.
As empresas incentivadas do PIM fecharam o ano de 2013 com faturamento acumulado de R$ 83,28 bilhões, o maior da história em moeda nacional. O montante foi 13,31% superior ao faturamento de 2012 (R$ 73,50 bi). Em dólar, o faturamento acumulado no ano passado foi de US$ 38.53 bilhões, um crescimento de 2,63% em comparação ao ano anterior.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email