Faturamento da Cooxupé sobe 38%, para R$ 1,747 bi em 2008

A Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé), maior cooperativa de café do mundo, com sede no sul de Minas, anunciou um faturamento de R$ 1,747 bilhão em 2008. O resultado supera em 38,06% o desempenho de 2007, ano em que a Cooxupé completou 75 anos e faturou R$ 1,266 bilhão.
A Cooxupé encerrou o exercício de 2008 com recebimento de 4.697 189 sacas de 60 kg de café, o que representa 13,2% do total de café arábica produzido pelo Brasil no período e 19,9% da produção de Minas Gerais. O volume significou a liderança da Cooxupé nos embarques brasileiros de café. Em 2007, a Cooxupé ficou na vice-liderança no ranking dos maiores exportadores de café do país e, em 2006, em quarto lugar.

Benefícios mantidos

O presidente da Cooxupé, Carlos Alberto Paulino da Costa, informou que a cooperativa manteve os benefícios aos cooperados, mesmo com a retração da economia mundial.
Segundo ele, há quatro anos não há reajuste das tarifas referentes à armazenagem de café, a assistência técnica aos cooperados é gratuita e os investimentos para melhorias dos núcleos e filiais continuam em processo.
Em 2008, a Cooxupé inaugurou moderno laboratório para análise de café, em que as etapas de classificação são totalmente informatizadas, e também foi construído projeto piloto para recebimento e armazenagem de café em big-bag no núcleo de Monte Carmelo, no cerrado mineiro.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email