7 de março de 2021

Fametro aposta na diversificação

Mantendo o desenvolvimento Turístico Regional do Amazonas, o grupo Fametro anunciou, nesta quinta-feira (12), durante entrevista coletiva, que o Hotel Tropical além de dar continuidade a parte hoteleira, vai servir de um campo de estágio de prática para os alunos de várias áreas da instituição.

Desde 2018, com plano de expansão bastante ativo o grupo vem diversificando o segmento de atuação,  o pontapé foi a aquisição da Santa Casa de Misericórdia no ano passado. Com a aquisição do Tropical Hotel, a perspectiva é ampliar os negócios para o turismo, ramo considerado rentável na região. O diretor administrativo do grupo Wellington Júnior deu detalhes sobre a aquisição e o interesse do grupo em retomar as operações do hotel o mais rápido possível.

“A  Fametro começa a reescrever a história do turismo no Amazonas. Vamos resgatar essa história. Acreditamos  no Tropical como um símbolo e um ícone do turismo na região Norte. E investir num símbolo que estava abandonado. Avaliamos e identificamos que o Tropical Hotel era uma grande oportunidade. Ele adquirido por uma empresa como a nossa, amazonense, que quer fazer da região próspera seria motivo de identificação. Avaliamos como uma oportunidade de negócios e de transformação. E vamos transformar todo potencial turístico que o Amazonas tem”, disse o diretor.  

Ele  enfatizou sobre a responsabilidade e os desafios que o grupo terá daqui para frente. E para isso estão identificando gestores e  profissionais do negócio para acelerar o processo de retomada das operações do Tropical Hotel. Ele explicou que investir em locais que  fazem parte da nossa história, dá a exata dimensão do que significa cada uma oportunidade. “Não se trata de um negócio, mas de um resgate histórico, de um local de orgulho para a capital. Acreditamos muito no potencial turístico na região Norte”.

A vice-reitora da Fametro, Cinara Cardoso, explicou que sempre que o grupo faz um investimento é sempre pensado na área acadêmica que compõe 42 cursos na instituição e o hotel vai servir de um laboratório para as atividades dos alunos. “Hoje a gente mantém o curso de turismo por acreditar no potencial da nossa região, inclusive nós temos a nota máxima do MEC  e com certeza vai ser um campo de prática para os acadêmicos da nossa instituição. 

Dívidas 

Sobre as dívidas trabalhistas, o advogado Antônio Júnior deixou claro que as pessoas que têm crédito a receber elas vão receber da  massa falida com valores que serão depositados. E que o Grupo Fametro não assume nenhuma dívida de qualquer natureza. “O grupo recebe o empreendimento limpo, sem débito e sem ônus”. 

Vai ser feito um estudo econômico para avaliar o que o hotel vai precisar investir para que o empreendimento volte às atividades. Ainda não tem data para o retorno, mas um estudo já foi iniciado e o projeto de retomada vai incluir todas as áreas de acomodações do local, além do zoológico.

Hospital-Escola

Na ocasião a diretoria disse que o projeto da Santa Casa de Misericórdia está em processo de finalização. Atendendo todas as normas de um projeto novo, moderno e com a preservação histórica do prédio. A conclusão e início das obras de restauro está aguardando a aprovação do Iphan para concretizar a proposta de um hospital-escola. 

Aquisição 

O Tropical Hotel foi arrematado pelo grupo Fametro por pouco mais de R$ 91 milhões, na última quarta-feira (11), de  forma virtual determinado pela  4ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, após  duas tentativas de negociações frustradas. 

Um dos hotéis mais luxuosos da Amazônia enquanto esteve no auge, o Hotel Tropical foi inaugurado nos anos 70. Fazia parte do grupo Varig, que, na época, era a principal empresa aérea do Brasil. O estabelecimento veio a falência e deixou de receber visitantes em maio do ano passado.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email