16 de abril de 2021

Faea quer isenção de ICMS em veículos para agropecuários

Proposta faz parte do documento que contém anseios do setor para os candidatos ao governo do Estado do Amazonas

A isenção do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) na aquisição de veículos utilitários para transporte da produção, viabilização da construção da ponte Iranduba-Manaquiri e a Construção de um porto específico em Manaus para embarque e desembarque de animais e de produtos agropecuários são alguns dos itens da lista de propostas elaboradas pela Faea (Federação da Agricultura e Agropecuária do Estado do Amazonas) que estão sendo entregues aos candidatos ao governo do Estado do Amazonas para compor o plano de governo de cada um deles.
O documento denominado “O que esperamos do novo governador” contém 116 propostas para as áreas de política ambiental, agrícola, pesquisa, educação, entre outras, e começou a ser apresentado aos candidatos no mês de agosto. De acordo com o presidente da Faea, Muni Lourenço da Silva Junior, alguns desses itens já fazem parte do plano de governo dos que almejam a vaga de governador do Amazonas.
As propostas foram elaboradas a partir das reivindicações dos sindicalistas patronais e o resultado contempla as principais expectativas e sugestões de melhorias para a agricultura e agropecuária no Amazonas, setor formado por aproximadamente 270 mil produtores rurais.
Conforme explica o presidente da entidade, ‘o que esperamos do novo governador’ é uma reprodução semelhante à apresentada nas eleições passadas, em São Paulo, pela CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil). Na época, a CNA entregou o documento ‘O que Esperamos do Novo Presidente da República com as propostas de todos os Estados para os candidatos.
Com essa iniciativa, o setor primário do Amazonas saiu na frente e chamou a atenção dos candidatos ao governo com as propostas e anseios para o desenvolvimento e o avanço da agricultura e agropecuária local. “Esta é a primeira vez na história da Faea que realizamos uma grande mobilização para elaborar um documento para ser entregue aos candidatos ao cargo de governo”, disse o presidente, que levou o documento em mãos para Alfredo Nascimento (PR), Luiz Navarro (PCB), Omar Aziz (PMN), Luiz Carlos Sena (PSOL), Hissa Abrahão (PPS) e Herbert Amazonas (PSTU).
“Esperamos que os candidatos considerem nossas sugestões, pois entendemos que este é um momento em que os mesmos estão elaborando seus projetos, então nada melhor do que receber as propostas do setor, que tem um contingente de pessoas muito significativo e que merece a atenção dos candidatos”, declarou Muni Júnior.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email