Fabricante de patinetes elétricos deve ampliar investimentos no PIM

Tida como pioneira na produção de patinetes elétricos no PIM (Polo Industrial de Manaus), a empresa Davinci Micromobilidade inicia no fim de deste mês as operações em Manaus. 

Com a  produção estimada em 20 mil unidades de patinetes, inicialmente, investiu em R$10 milhões, para a montagem,  mas a perspectiva da empresa é que nos três primeiros anos de operação a fábrica receba investimentos de cerca de R$50 milhões. A nova fábrica da empresa está em fase de testes e chega para potencializar um mercado que precisa de mais investimentos para aflorar. 

Fábrica da Davinci Micromobilidade – Foto: Divulgação

O fundador da empresa, Eduardo Musa, que foi um dos proprietários da Caloi e fundador da Yellow, destaca que Manaus é o principal polo de produção de duas rodas e de micromobilidade no Brasil, sendo o local de fabricação de todas as motocicletas e as principais fábricas de bicicletas do país. “O patinete é um novo veículo, uma nova solução de micromobilidade para as cidades, que se encaixa perfeitamente no Polo de Duas Rodas. Por isso nós queremos fazer parte desse polo, que está totalmente preparado, seja em cadeia de fornecedores, seja em incentivos fiscais, para atender essa demanda que ainda não existe. A fábrica Davinci será a primeira fábrica de patinetes fora do sudeste asiático”. 

CEO da empresa, Eduardo Musa – Foto: Divulgação

A empresa vai produzir dois modelos de patinetes, que serão lançados inicialmente, o DV1 e o DV2, que devem ser oferecidos por R$5,5 mil e R$7,5 mil. Eles são dobráveis e pesam até 12kg. Os produtos serão montados com peças vindas de São Paulo, Manaus e outros fornecedores do Brasil. “Nós estimamos que 35% do conteúdo seja nacional, em peças, mão de obra e embalagem. Os demais 65% são de componentes importados”. 

Sobre os estudos dos dois modelos escolhidos, ele dá detalhes: “os modelos foram desenvolvidos para atender as necessidades da mobilidade urbana, pensando em características variadas das cidades brasileiras. Este é o grande diferencial dos Davinci para os outros patinetes no mercado: eles são feitos especificamente para mobilidade urbana e não na categoria ‘brinquedo’ em que estão os outros produtos disponíveis no mercado. Eles possuem todos os ítens necessários para a categoria de veículo de deslocamento urbano”, explica.   

Para o fundador da empresa, o patinete se integra perfeitamente ao uso misto com o transporte público, como primeira ou última milha, por suas dimensões, peso e sua capacidade de ser dobrável. Ele pode ser colocado dentro de uma mochila, por exemplo, e levado dentro do metrô, ônibus ou mesmo no elevador, ao chegar ao trabalho. “Outros equipamentos de mobilidade, não sendo dobráveis ou compactos, não possibilitam essa facilidade. O patinete, em nossa visão, é o único que se integra facilmente a outros modais. Ele tem outra característica interessante que é poder ser colocado facilmente no porta-malas de um carro, seja particular ou mesmo um táxi ou veículo de aplicativo”, frisa ele. 

Projeção

De acordo com Musa, a projeção da empresa é atingir a produção de 100 mil patinetes em cinco anos.  Sobre a geração de postos de trabalho, a empresa prevê 100 novas oportunidades entre três a cinco anos.

Números

Números da Fenabrave (Federação Nacional dos Distribuidores de Veículos Automotores), indicam que no primeiro semestre de 2021, o mercado de veículos eletrificados no Brasil bateu novo recorde de vendas. Os 13.899 eletrificados emplacados no período representam 1,4% do total de 1.006.685 veículos comercializados no mercado interno. Junho de 2021 foi o melhor mês da série histórica da Abve (Associação Brasileira de Veículo Elétrico), com 3.507 emplacamentos, superando o resultado de maio (3.102).

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email