Expresso Araçatuba faz expedição pela BR-319

O Expresso Araçatuba, líder no transporte rodoviário e aéreo de cargas nas regiões Norte e Centro-Oeste, bem como nas principais rotas internacionais da América do Sul, inicia nesta semana um detalhado estudo técnico para avaliar as condições da rodovia BR-319, que liga Porto Velho (RO) a Manaus (AM), que hoje é a única ligação terrestre entre as duas cidades.

Batizada de Expedição BR-319, a viagem será realizada entre 4 e 7 de agosto e é mais uma das iniciativas que a transportadora vem realizando –ao longo dos seus 55 anos– para incentivar o desenvolvimento sustentável da infra-estrutura nas rotas percorridas pela empresa.
A BR-319 abrange cerca de mil quilômetros entre Porto Velho e Manaus, atravessando a rota mais central do Estado do Amazonas. A estrada foi construída nos anos 70 e, por falta de manutenção, está intrafegável desde o fim dos anos 80.

Apesar da proposta de recuperação pelo governo federal, de acordo com dados do Dnit (Departamento Nacional de Infra-Estrutura em Transportes), até agora cerca de 660 quilômetros ainda estão praticamente sem condições de tráfego. “Queremos fazer uma análise de viabilidade técnica dessa estrada como opção para se chegar até Manaus. O estudo vai ajudar a demonstrar a importância das condições de infra-estrutura na região e do impacto tanto na economia quanto na sociedade”, destacou Oswaldo Dias de Castro Jr, diretor-geral do Expresso Araçatuba.

A reativação da BR-319 é considerada importante por vários aspectos, desde melhorar o escoamento da produção do pólo industrial de Manaus para o Sul e Sudeste do Brasil, até facilitar o fluxo internacional via Peru, Bolívia e Venezuela, promovendo a integração do Amazonas com a América do Sul e melhorando as condições socioeconômicas da região.

“Atualmente, a rota de São Paulo a Manaus leva em torno de 12 dias entre os trechos rodoviário (até Belém) e fluvial, devido ao tempo de balsa e às condições da BR-153 (Belém-Brasília). Com o asfaltamento da BR-319, a previsão é de que essa viagem seja feita em seis dias, via Porto Velho (BR-364) metade do tempo gasto hoje, já que o redespacho fluvial será eliminado”, exemplificou Castro Jr.
A recuperação da rodovia estava programada para 2005, com previsão de durar dois anos, sendo realizada em duas grandes frentes de trabalho: uma saindo de Manaus e outra, de Porto Velho. Mas as obras foram suspensas e hoje sua reativação é um dos temas mais discutidos na região. Este ano, a BR-319 foi contemplada no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) dentre as ações previstas para a região Norte.

“Queremos contribuir da melhor forma para o desenvolvimento sustentável do país, encontrando a alternativa mais adequada para atender os aspectos econômicos, sociais e ambientais. É uma questão de analisar as condições possíveis”, disse Castro Jr.

A expedição pela rodovia BR-319 conta com o patrocínio das empresas Iveco, Microsiga e ACE Seguradora. A caravana seguirá até Humaitá-AM com duas caminhonetes Toyota e um veículo Iveco-Cavalino 320CV, equipado com sistema de rastreamento/comunicação GPS, além de uma motocicleta Honda com um piloto profissional.

Neste sábado, o Expresso Araçatuba fará o lançamento da expedição em Porto Velho e, depois de enfrentar os três dias de estrada, a equipe se despede da rodovia, em Manaus. Além do aspecto socioeconômico, a expedição terá também uma perspectiva ecológica.
A transportadora fechou acordo com a ONG MaxAmbiental, dedicada a ações ligadas aos agentes causadores das mudanças climáticas, em especial os GEEs (Gases de Efeito Estufa), e realizadora do Programa CarbonoNeutro.

A parceria vai permitir à instituição desenvolver para o Expresso Araçatuba o estudo do volume das emissões geradas pelo consumo de diesel dos veículos em todos os trechos percorridos, além de todo o deslocamento da equipe via aérea e dos eventos promovidos em Porto Velho, Manaus e, futuramente, São Paulo.
 

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email