Exposição “Menino de Ouro”

A partir do dia 7 de abril, terça-feira, o espaço expositivo da Praça Victor Civita sediará a exposição “Menino de Ouro”, com fotografias de Renato Amoroso, diretor de filmes da O2 Filmes. A exposição mostra a cerimônia de entronização do jovem mestre budista Denma Gonsar Rinpoche e toda a festa em torno deste raro acontecimento do budismo tibetano. A exposição tem apoio da O2 Filmes e da revista National Geographic, que publicou parte deste material na edição de abril.
A exposição reúne imagens realizadas durante a viagem de Renato Amoroso ao Tibet, convidado para participar da entronização do jovem mestre budista de apenas 6 anos. “Este evento era muito raro e especial e, logicamente, eu fotografaria e filmaria o que iria acontecer, como sempre faço em qualquer viagem. Mas o que aconteceu dessa vez foi que o que se apresentou diante das câmeras era muitíssimo especial, e a medida que comecei a fotografar fui me dedicando com mais afinco porque percebi que alguma coisa maior poderia sair dali”, conta Renato, que voltou com três mil imagens do acontecimento ao Brasil.
Este rico material foi apresentado para a revista National Geographic, maior referência mundial de fotos documentais, que dedicará 18 páginas de sua edição de abril a este trabalho. É a primeira vez que a National Geographic Brasil faz uma matéria sobre um assunto internacional com um fotógrafo brasileiro. “Acho que estamos mostrando um Tibet que não é muito comum de ser visto, com monges e seus telefones celulares, com nômades prósperos, e uma cerimônia religiosa cercada de muita alegria”, adianta.
O título da exposição, “Menino de Ouro”, faz referência ao garoto entronado como um mestre budista. Renato Amoroso conta que a cerimônia de entronamento é dividida em duas partes; a primeira é fechada apenas para os monges e reuniu público de 4mil religiosos vindos de diversos monastérios. “Existia uma tensão muito grande no ar, pois o menino era tratado como Chefe de Estado, com polícia especial fortemente armada garantindo sua segurança. Às 4h da manhã o pequeno Lama chegou, fez as prostrações diante do trono, subiu e olhou para todos aqueles monges como se ele fosse o mestre deles há muitos anos mesmo, ele não se comportou como uma criança que aquela hora da manhã, naquele grau de tensão, com 6 anos de idade, iria obviamente espanar”, relata.
“E, para completar, ele recebeu um microfone e declamou de cor uma reza de uns bons 15 minutos. Mais tarde ele repetiria a mesma postura e recitaria mais uma vez essa longa reza, porém na frente de 100 mil pessoas, agora do lado de fora do monastério. Eu achei aquilo bastante impressionante, o controle, a disciplina, o desprendimento, a postura e a memória dele não tinham nada a ver com uma criança. Por isso eu digo: se eles realmente acharam a reencarnação do grande Mestre Denma Gonsar eu não posso afirmar, mas certamente eles acharam uma criança muito diferente”, finaliza o diretor.

A exposição ficará aberta ao público, com entrada gratuita, até dia 27 de abril.

Sobre Renato Amoroso
Começou a trabalhar em publicidade no início dos anos 90 como diretor de arte onde atuou em grandes agências e acabou se tornando diretor de criação. Em 2005 foi convidado a tornar-se diretor e na O2 Filmes teve a oportunidade de desenvolver seu trabalho de cinema publicitário, podendo conciliar sua experiência como criativo agora na produção.

“Menino de Ouro”, por Renato Amoroso @ Praça Victor Civita
Abertura: dia 7 de abril, terça-feira, às 19h
Período expositivo: de 8 a 26 de abril
Endereço: Rua do Sumidouro, 580 – Pinheiros – São Paulo
Horário de visitação: diariamente das 8h às 18h
Para mais informações, acesse: www.pracavictorcivita.org.br

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email