Exportações de carnes esboçam reação e voltam a registrar crescimento

As exportações brasileiras de carnes (bovina, suína e aves) tiveram um crescimento expressivo, tanto em receita quanto em volume no mês de março. Os dados divulgados ontem pela Secex (Secretaria de Comércio Exterior), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, indicam aumento da receita e dos volumes exportados no mês passado em comparação aos registrados em fevereiro.
As vendas externas de carne bovina em março renderam ao Brasil US$ 233,6 milhões, um crescimento de 25,7% em comparação a fevereiro, porém, uma retração de 14,3% em relação a março do ano passado, quando o faturamento com as exportações foi de US$ 272.5 milhões. O volume embarcado teve um desempenho semelhante, com embarque de 82,1 mil toneladas, aumento de 24,4% em comparação a fevereiro e queda de 2,7% em relação a março de 2008, quando saíram dos portos 84,4 mil toneladas.
No caso das exportações de carne de frango, as exportações do mês passado geraram uma receita cambial de US$ 356.7 milhões, 21,3% a mais do que fevereiro e retração de 23,1% sobre março do ano passado, quando as vendas externas renderam US$ 463.9 milhões. No que se refere aos volumes, o resultado de março foi um embarque de 279 mil toneladas, desempenho 19% superior a fevereiro, porém, 1,3% inferior a março de 2008, quando foram exportadas 282,6 mil toneladas.
As exportações de suínos registraram no mês de março uma receita de US$ 94.8 milhões, resultado 9,8% superior a fevereiro, mas, 0,6% inferior a março de 2008, quando as vendas externas somaram US$ 95.4 milhões.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email