Exportações de carne de Goiás são liberadas

Desde ontem, o Estado de Goiás voltou a exportar carne bovina para a Rússia. O comunicado foi feito na sexta-feira, 29, pelo Serviço Federal de Supervisão Veterinária e Fitossanitária da Rússia Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A comercialização havia sido suspensa em 27 de junho, após registro de um foco de estomatite vesicular em Cavalcante, município localizado no norte de Goiás.
O acordo sanitário firmado entre Brasil e Rússia especifica que o Estado em que houver casos da doença fica impedido de exportar carne bovina por um período de 12 meses. O único município que não poderá voltar a exportar carne para a Rússia é Cavalcante.
Goiás foi responsável por cerca de 25% das exportações brasileiras de carne para a Rússia de janeiro a junho de 2008. No período, o Estado comercializou US$ 184.6 milhões. No primeiro semestre deste ano as exportações de carne do Brasil somaram cerca de US$ 730 milhões.
Também ontem a União liberou crédito de R$ 9 milhões para o Ministério do Meio Ambiente e mais R$ 2 milhões para o Ministério da Agricultura. De acordo com os decretos, publicados na edição de ontem do Diário Oficial da União, a verba do Ministério da Agricultura será destinada à Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) para o cumprimento de sentenças judiciais.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email