Exportação de calçados brasileiros cai 27% e importação sobe

As exportações de calçados registraram queda de 27,3% no volume embarcado nos meses de janeiro a maio deste ano na comparação com o mesmo período de 2008. Em valores, a queda é de 28,6%. Já entrada de importados cresceu na mesma comparação.
De janeiro a maio, o Brasil embarcou 57,1 milhões de pares, com faturamento de US$ 560.1 milhões, enquanto no mesmo período do ano passado o volume físico registrado foi de 78,6 milhões de pares, que geraram US$ 784.3 milhões. Os dados são da Abicalçados (Associação Brasileira das Indústrias de Calçados), com base nos números fornecidos pela Secex (Secretaria de Comércio Exterior).
O diretor executivo da entidade calçadista, Heitor Klein, afirmou que o embarque de calçados brasileiros deve seguir em trajetória negativa, prejudicado pela crise global. “Além da recessão mundial, que abala o consumo das principais economias do planeta, o protecionismo da indústria de alguns países está influenciando as negociações. Argentina, Equador e Venezuela já tomaram medidas deste teor e a indústria brasileira já sente os reflexos’’, apontou.
O principal comprador dos calçados brasileiros continua sendo os Estados Unidos, que apresentam déficit considerável no acumulado. De janeiro a maio, foram comprados 15,2 milhões de pares a US$ 143.5 milhões. A queda foi de 33% em pares e 34,8% em receita, se comparado ao mesmo período de 2008.
O Reino Unido aparece em segundo lugar no ranking, com a compra de 3,1 milhões de pares no período, equivalentes a US$ 68.9 milhões. Esses valores representaram variação negativa de 35,5% em pares e 28,8% em valores em relação a 2008, quando a região comprou 4,9 milhões de pares, por US$ 96,4 milhões.
A vizinha Argentina foi a terceira principal compradora, com a aquisição de 2,5 milhões de pares, equivalentes a US$ 46.6 milhões neste ano.
Foi registrada queda de 41,7% em volume e 35,9% em faturamento, na comparação com 2008. No ano passado, a Argentina comprou 4,3 milhões de pares de calçados a US$ 68 milhões.
Segundo a Abicalçados, de uma lista de 25 países que constituem os principais compradores do calçado brasileiro, apenas três apresentaram índices positivos no comparativo com os cinco primeiros de meses de 2008: Bolívia, Angola e Cuba.
As importações, nos primeiros cinco meses do ano, registraram alta de 4,5% em pares, com a compra de 17,9 milhões de pares, contra 17,1 milhões de pares em igual período de 2008.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email