Ex-jogador do Princesa do Solimões faz campanha para ajudar filha com leucemia

O ex-volante do Princesa do Solimões, Márcio Gamarra, ou apenas Gamarra, como é conhecido, tem uma longa história de luta. A trajetória do craque começou em 1999 na escola de base do Princesa do Solimões em Manacapuru. À época, Gamarra foi um dos destaques da equipe no campeonato Amazonense sub-17. Ele se aposentou profissionalmente em 2007, passou a trabalhar como vigilante na “Terra da Ciranda” e ainda teve a oportunidade de conquistar o Peladão 2009 pelo Unidos do Alvorada, na épica final contra o Panair FC que levou mais de 44 mil pessoas ao antigo estádio Vivaldo Lima.

A luta de Gamarra atualmente é fora dos gramados. A filha dele, Maysa Oliveira de 13 anos, foi diagnosticada com leucemia aguda. Maysa está internada no Hemoam desde o dia 12 de junho. Desde então, Gamarra e a mãe da menina se revezam nas viagens de Manacapuru para Manaus para acompanhá-la nas sessões de quimioterapia.

Segundo Gamarra, depois de receber alta, Maysa vai precisar continuar o tratamento em casa. “Vamos ter que construir um miniquarto hospitalar, um local adequado para o tratamento, mas isso está fora da nossa realidade no momento. Estamos contando com a ajuda de Deus e dos amigos. Por sorte ganhamos uma taberna abandonada para construir esse espaço, mas ainda não temos o dinheiro para iniciar a reforma”, destacou Gamarra.

Para levantar fundos, o ex jogador começou a vender rifas em Manacapuru com prêmios oferecidos por alguns amigos dos tempos de futebol. E dentro desta batalha para conseguir ajudar Maysa, o jogador ganhou apoio também das jogadoras do time feminino de futebol do Iranduba, as meninas se reuniram com a diretoria do clube e decidiram fazer uma rifa para sortear duas camisas do time amazonense.

Monalisa Belém é uma das envolvidas na ação. “Nós íamos doar um valor em dinheiro, mas depois percebemos que se fizéssemos a rifa da camisa as doações seriam maiores, então após falarmos com nosso diretor Lauro Tentardine, conseguimos as camisas e decidimos mobilizar nossa torcida para participar da campanha pela Maysa”, explicou.

A família também iniciou uma vaquinha online para arrecadar o dinheiro necessário. Qualquer pessoa pode doar o valor que desejar. Basta acessar: www.vakinha.com.br/vaquinha/vamos-ajudar-a-maysa. Os telefones de Gamarra são o 99354-2453 e o 99212-8687.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email