18 de abril de 2021

Evo suspende viagem à Cúpula das Américas

O presidente da Bolívia, Evo Morales, em greve de fome há cinco dias pela aprovação de uma polêmica lei eleitoral, disse no domingo que suspendeu suas viagens oficiais da próxima semana para a 5ª Cúpula das Américas e a Alba

O presidente da Bolívia, Evo Morales, em greve de fome há cinco dias pela aprovação de uma polêmica lei eleitoral, disse no domingo que suspendeu suas viagens oficiais da próxima semana para a 5ª Cúpula das Américas e a Alba (Alternativa Bolivariana das Américas).
Morales fez o anúncio em uma entrevista à rádio estatal. “Primeiro a Bolívia. Eu tinha um encontro com você e com muitos presidentes da Alba (no dia 16 de abril). Depois, na Cúpula das Américas, mas decidi não viajar”, disse Morales dirigindo-se a seu aliado, o presidente venezuelano Hugo Chávez, na entrevista.
A cúpula da Alba ocorre em Sucre, no noroeste vene-zuelano e a previsão é que compareçam os presidentes de Honduras, Manuel Zelaya; da Nicarágua, Daniel Ortega; do Equador; Rafael Correa; do Paraguai, Fernando Lugo e representantes de Cuba.
Já a 5ª Cúpula das Américas ocorrerá em Trinidad e Tobago na sexta-feira, 17 de abril, e reunirá mais de 30 líderes da região, além do presidente dos EUA, Barack Obama.
As divergências sobre essa lei eleitoral paralisaram desde quinta-feira passada o Legislativo, quando os opositores abandonaram uma sessão porque consideraram que o governo não respeitou a negociação que se realizava de forma paralela.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email