Evo Morales viaja para o Irã em busca de investimentos para a Bolívia

O presidente da Bolívia, Evo Morales, chegou na segunda-feira ao Irã, onde se reuniu com o presidente desse país, Mahmoud Ahmadinejad em busca de investimentos para a Bolívia.
O governo da Bolívia descreveu a viagem oficial como uma tentativa de Evo Morales de se aproximar de outros países “rechaçados pela comunidade internacional”.
Antes do Irã, Evo Morales esteve na Líbia, onde se encontrou com o presidente Muammar Gaddafi.
Para Morales, a Bolívia e o Irã são “dois países revolucionários e amigos” que estão estreitando seus laços. Já Ahmadinejad se referiu a Morales como “um querido amigo”.

Investimento de US$ 1.1 bi

Nesta semana, o Irã anunciou que pretende investir US$ 1.1 bilhão na Bolívia nos próximos cinco anos.
Esse dinheiro seria usado para fortalecer o comércio bilateral, a agricultura, as comunicações e a exploração de hidrocarbonetos. Há relatos de que Teerã também está interessado nas reservas de urânio e lítio que estão em solo da Bolívia, para seus projetos nucleares.
Antes de chegar a Teerã, o presidente Evo Morales fechou acordos com Khadafi na Líbia. Os acordos prevêem investimentos no país sul-americano, em especial na indústria energética.
Para a Líbia, a Bolívia é vista como um ponto de partida para os seus investimentos na América Latina.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email