Eventos estudantis das Instituições Nelly Falcão de Souza vão à internet

Com o objetivo de garantir a saúde de toda a comunidade escolar e respeitar o distanciamento social, os tradicionais eventos de arte e cultura das Instituições Educacionais Nelly Falcão de Souza (INFS) sofreram mudanças. Neste ano, o público da Cantata Natalina, do lançamento do livro do projeto Novos Talentos e do espetáculo Fest Art poderá prestigiar os eventos, de alunos do Pinocchio Centro Educacional e Colégio Martha Falcão, pela internet, em um site exclusivo que vai abrigar a programação.

Outra novidade é que os pais e responsáveis dos alunos também poderão adquirir os vídeos dos eventos para assistir quantas vezes quiserem. O material será disponibilizado para aqueles que contribuírem com a doação de alimentos não perecíveis  para entidades que atendem e abrigam crianças em situação de vulnerabilidade de Manaus.

A programação de fim de ano das INFS inicia no dia 28 de novembro, com o Colégio Martha Falcão fazendo o lançamento do livro Novo Tempo, que faz parte da 20ª edição do projeto Novos Talentos. Neste ano, a autora do prefácio é a filha do poeta Alencar e Silva, a poetiza e escritora Rita Alencar, que seguiu os passos do pai. Atualmente, ela leciona Literatura na instituição.

O título do livro foi inspirado na música do Novo Tempo, gravada nos anos 80 pelo cantor e compositor Ivan Lins. A canção tem voltado a fazer sucesso nesses tempos de Coronavírus para levar esperança no meio de tanta tristeza. 

“E foi com essa motivação que os alunos do 1° ano do ensino fundamental até a 3a série do ensino médio foram convidados a falarem das suas experiências e expectativas em meio à pandemia, período de isolamento e depois a retomada das atividades”, explicou diretora das INFS, a professora Nelly Falcão de Souza. 

Já no dia 9 de dezembro, é a vez da Cantata Natalina. “Vamos fazer a encenação através de uma conversa entre um adulto e uma criança. À medida em que a história é narrada as personagens entram”, adianta a coordenadora pedagógica do Pinocchio, Úrsula Bessa.

O coral fará apresentação de apenas três músicas, sendo a última em inglês, já chamando o Papai Noel, que irá se limitar a uma aparição no palco. “Além de vir de máscara, o bom velhinho não fará a tradicional recepção de cartas das crianças, para evitar a aglomeração”, informou a coordenadora.

E, no dia 10 de dezembro, é a vez do Fest Art, com o tema “Pinocchio 40 anos – A Fábula da Fada”. Segundo o idealizador do espetáculo, Nelson Falcão, a proposta é que seja um musical inspirado nos que fizeram sucesso nos anos 80, entre eles, Plunct Plact Zum e o Balão Mágico.

“Usando a tecnologia do chroma key (técnica de efeito visual que substitui um fundo de cor sólida por outra imagem), iremos construir os cenários, onde as crianças estarão atuando e dançando”, disse Nelson, que é fã da cultura pop. Ele explica que a referência aos anos 80 se dá também pelo fato de o Pinocchio Centro Educacional ter sido inaugurado na mesma época.

O enredo do musical é uma convergência do tradicional Pinocchio italiano, que posteriormente ganhou uma versão para o universo encantado na Disney, e a história da construção do Pinocchio Centro Educacional. Ao invés da fada azul, durante o espetáculo o público conhecerá a fada da educação, uma homenagem à diretora e idealizadora das INFS, a professora Nelly Falcão de Souza. 

O espetáculo, que conta com doze atos, também traz a árvore do conhecimento, uma homenagem à professora, pesquisadora e ecologista  Martha Falcão, que foi a inspiração para o colégio que leva seu nome. A educadora é o legado de uma família de professores que acreditam no poder transformador da educação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email