27 de junho de 2022

Evento multicultural da Prefeitura de Manaus movimenta a economia

A capital do Amazonas se prepara para ser um centro internacional do turismo a partir deste ano. Segundo a Prefeitura de Manaus, o ‘Sou Manaus Passo a Paço 2022’, que será realizado em setembro, reunirá grandes atrações internacionais e nacionais, promovendo intercâmbio de conhecimentos e troca de experiências nas áreas de gastronomia, música, teatro e outras modalidades artísticas regionais, gerando mais empregos e renda.

De acordo com a diretora de Turismo da Manauscult, Oreni Braga, o objetivo é movimentar a economia local, criando oportunidades de negócios para um grande universo de mão de obra que ficou paralisada durante a pandemia. “É o maior evento multicultural em termos de agregação de valor”, ressalta ela.

A primeira dessas novas iniciativas está prestes a acontecer com a realização do Festival Folclórico de Parintins, no final de junho,que promete ser o melhor e mais inovador de todas as edições anteriores. “Não é só festa. Por trás de todas essas atividades, está um imenso contingente de pessoas envolvidas na produção de figurinos, alegorias, músicas, oportunizando trabalhos e renda”, ressaltou Oreni Braga ao participar da live ‘JC às 15h’, comandada pelo jornalista Fred Novaes, diretor de redação do Jornal do Commercio.

Paralelamente, o município investe na modernização da infraestrutura urbana, promove mais segurança nas ruas e na manutenção do patrimônio público, permitindo uma melhor visão ao turista que visita a cidade. As ações fazem parte do plano para tornar a cidade numa das mais atrativas aos turistas. “Manaus precisa lançar mão do seu maior potencial, que é a rica e bela biodiversidade”, disse o prefeito David Almeida (Avante) ao anunciar as novas medidas para alavancar o setor.

Outro grande diferencial será a participação de chefs nacionais que hoje são celebridades no Brasil. Na versão do ‘Passo a Paço’ deste ano, eles vão interagir com feirantes de mercados que dominam com muita habilidade o tratamento do pescado. São pessoas muito habilidosas, mas que continuam invisíveis, mesmo dominando a arte de retirar as espinhas do pescado, principalmente do tambaqui e da matrinxã, que estão entre as espécies mais apreciadas na região.

Gastronomias

Workshops reunirão chefs regionais e nacionais para intercâmbios gastronômicos no ‘Passo a Paço’. “Aqui, as celebridades nacionais da cozinha poderão aprender com nossos caboclos a tratar o peixe e aplicar essas técnicas em seus Estados”, acrescenta Oreni Braga. “Manaus estagnou praticamente nos atrativos, nos segmentos que vêm sendo desenvolvidos há décadas, e nessa atual gestão temos a obrigação, enquanto diretoria de Turismo, de descobrir essa cidade diferente, requalificar para o turismo”, afirma a diretora.

O turismo religioso também ganha importância. Segundo Oreni, as quatro igrejas católicas centenárias localizadas no Centro Histórico de Manaus escondem verdadeiros tesouros que podem ser grandes atrativos aos turistas. “A Igreja da Matriz, de Aparecida, dos Remédios e de São Sebastião reúnem grandes acervos de histórias, cultura e arquitetura que marcam toda a trajetória histórica da cidade”, afirma. “São verdadeiros tesouros escondidos e que poucos conhecem”.

Oreni disse que o turismo conversa transversalmente com mais de 50 atividades econômicas. Mas Manaus precisa ter um bom porto, um aeroporto bem estruturado, bons hospitais, para receber melhor o turista, além de promover segurança aos visitantes brasileiros e estrangeiros.

 O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Amazonas, Roberto Bulbol, enfatizou que o turismo religioso é mais um atrativo para a capital amazonense e que deve impulsionar diversos segmentos da economia, como agências de viagens, transporte, hotéis e restaurantes.

“Esse tipo de encontro que nós estamos tendo para criar roteiros como esse, para dar uma direção, um norte para o turista, é muito importante. Porque os turistas não ficam só na igreja, você vai fazer um lanche próximo àquela igreja, vai conhecer a cidade e isso tudo vai trazer receitas e empregos para todos nós”, analisou.

Após a consolidação do segmento do turismo religioso com foco nas quatro igrejas católicas na área central, a prefeitura deve ampliar as novas medidas para templos históricos de outras denominações.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email