Evento “Festiv’Al” reunirá compositores alternativos

Já tem programa para domingo (28)? Não? Então agende o Festiv’Al, evento musical que, a partir das 18h, reunirá o duo Chapéu de Palha, Elton Nogueira, Duda Raposo e Yago Reis, o organizador dos shows que serão apresentados por Sarah Margarido.

O nome é uma alusão ao próprio repertório dos artistas, um festival somente com músicas alternativas. Todos cantam suas próprias composições.

“Desde 2017, quando comecei minha carreira musical, tinha vontade de produzir um evento como esse, reunindo vários outros artistas que, como eu, batalham para mostrar o seu trabalho autoral, alternativo, mas sem dinheiro não dá para fazer, então eu mesmo bancava apenas a produção de meus shows junto com a banda que me acompanha”, falou Yago Reis.

E quem pensa que a vida dos artistas da música, principalmente em começo de carreira, é só diversão e alegria, se engana. Yago bateu na porta de muitas casas de shows e bares tentando se apresentar, mas todas as investidas tiveram uma desculpa como resposta.

“Diziam sempre pra eu procurar outra pessoa, em outro espaço, onde talvez quisessem meu show, mas nunca ‘rolava’ nada, e olha que eu nem queria cantar minhas músicas. Iria apresentar um show com músicas de cantores conhecidos, que já faziam sucesso. Os únicos espaços que conseguia, eram os públicos, da prefeitura e do Estado, mas eu bancava toda a produção”, contou.

Agora, com apoio financeiro, finalmente Yago vai conseguir realizar seu sonho. Ele foi contemplado no edital do Prêmio Feliciano Lana, da Secretaria de Cultura, através da Lei Aldir Blanc, com o projeto do Festiv’Al onde todos os convidados poderão mostrar seus trabalhos.

Sem estilo definido

O evento busca dar visibilidade a artistas que fazem música nesse estilo menos comercial e menos consumido pela cultura de massa, mas com um público assíduo e fiel. Através do Festiv’Al, Yago pretende alcançar pessoas de várias cidades e Estados em todo o país, a fim de que conheçam um pouco da produção local em se tratando de música alternativa.

O cantor/compositor lembrou que convidou os artistas por conhecê-los há algum tempo, admirar o trabalho de todos e pelo respeito por suas canções autorais. Com o evento ele visa levantar a bandeira da produção independente e autoral e torná-la mais visível.

No Festiv’Al, Yago irá se apresentar acompanhado de sua banda formada por Jessé, baterista; Luiz Caio, trombonista; Annison, guitarrista; Ricardo, baixista; e Elton, tecladista e pianista, que também fará uma apresentação à parte, no festival.

“Nossa banda não tem um estilo definido. Bebemos na fonte de todos os estilos, então podemos tocar um brega ou um clássico sem problema algum”, acrescentou.

Apesar de ter se formado em teatro, não são as peças e as encenações que interessam a Yago, mas a direção musical de espetáculos musicais e composição de trilhas sonoras.

Em 2019 o rapaz lançou seu primeiro álbum autoral intitulado ‘Virtude’. Em 2020 lançou um single e mais o EP, ‘Tudo sobre nós’, que podem ser encontrados em todas as plataformas digitais.

“Aos poucos vamos conseguindo tornar reais os nossos sonhos”, revelou.

No domingo, o Festiv’Al será transmitido pelo canal de Yago, no YouTube. As apresentações dos artistas foram gravadas no estúdio Supersônico, e a transmissão não será ao vivo.

“A ideia original era fazer ao vivo, mas havia restrições devido à pandemia, então resolvemos gravar cada grupo em separado, mas ficou até melhor, pois todo o trabalho foi editado e o resultado final foi muito bom”, afirmou.

Os artistas do Festiv’Al

Chapéu de Palha, dupla formada por Giovanna Póvoas e Helder Cruz. Começaram, em 2019 publicando, em gravações amadoras, suas composições com voz e violão na plataforma SoundCloud. Convidados pelo produtor musical e integrante da banda República Popular, Viktor Judah, em 2020, gravaram o primeiro trabalho profissional de sua carreira, o EP ‘Eu’, com seis faixas. O trabalho já alcançou mais de um milhão e meio de streamings nas plataformas digitais.

Chapéu de Palha é um dos duos mais em evidência em Manaus
Foto: Divulgação

Elton Nogueira é músico, professor de música e artes, arranjador e multiinstrumentista. Já participou de várias bandas de rock, pop, música regional, alternativa e mesmo gospel. Em 2019 começou sua carreira solo. Em 2020 lançou seu primeiro EP chamado ‘Lauta utopia’, onde desfila vários estilos como MPB, samba, R&B e soul.

Elton lançou seu primeiro EP chamado ‘Lauta utopia’ em 2020
Foto: Divulgação

Duda Raposo amadureceu seu gosto pela música ainda na infância, quando a família se reunia para escutar os mais variados gêneros musicais. Com apenas 18 anos de idade, a garota realizou sete lançamentos, apenas em 2020, atingindo a marca de quase 500 mil plays no Spotify, apresentando projetos totalmente autorais e independentes. Para 2021, Duda planeja fazer um álbum.  

Duda Raposo lançou sete músicas em 2020, atingindo a marca de quase 500 mil plays no Spotify
Foto: Divulgação
Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email