Europeus investem R$ 125 mi em Goiás

O complexo industrial de biodiesel da Bionasa em Porangatu, no interior de Goiás, acaba de receber um aporte de R$ 125 milhões de fundo de investimento inglês Trading Emissions PLC (TEP), o maior fundo de energia da Europa. Este é o maior investimento no país de uma empresa estrangeira no setor de biodiesel (combustível biodegradável derivado de fontes renováveis).
O complexo industrial de biodiesel da Bionasa começou a ser construído em agosto do ano passado. A fábrica deverá entrar em operação no meio do ano que vem. Nesta primeira etapa, ela será capaz de produzir 200 mil toneladas de biodiesel por ano. Em 2010, com a ampliação do complexo, a capacidade de produção será de 400 mil toneladas/ano. A unidade será a maior do país em biodiesel.
O complexo está estrategicamente localizado próximo de um terminal da Ferrovia Norte-Sul, projeto ferroviário previsto de entrar em operação em 2011; e da rodovia Belém-Brasília (BR 153). No total, serão investidos R$ 256 milhões no complexo, dos quais R$ 131 milhões na primeira etapa.
A empresa utilizará produtos vegetais (girassol, soja e pinhão-manso) e gordura animal para a produção do biodiesel. A matéria-prima será proveniente, principalmente, de Goiás e Estados vizinhos.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email