EUA correm risco de recessão econômica, afirma Meirelles

Após audiência pública na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado Federal, Henrique Meirelles afirmou que “existe um certo risco de a economia dos Estados Unidos entrarem em um período de recessão, mas não é a maior probabilidade”.

Segundo ele, o cenário de maior probabilidade é um crescimento nos EUA em um ritmo menor ao esperado anterior à crise e que o conjunto dos demais países terá um desemprenho equivalente ou “ligeiramente abaixo” do esperado anteriormente. “A maior probabilidade é uma desaceleração que tenha efeito moderado na economia mundial”.

No entanto, lembrou que algumas instituições podem enfrentar maiores problemas de liquidez a ponto de atingir a economia real dos EUA e que por isso podem ocorrer “surpresas”. Em caso de uma desaceleração maior, ele acredita que o Brasil será menos atingido. “O Brasil não é imune, como ninguém é, mas está mais equipado e com uma economia sólida”, ressaltou.
Para Meirelles, a estabilidade da economia ficou clara com as recentes turbulências do mercado financeiro, provocada pela crise de crédito imobiliário nos EUA.

Confiança do consumidor

O grau de confiança do consumidor americano em sua economia registrou queda neste mês, indo para 99,8 pontos, contra 105,6 em agosto.
Foi o menor nível desde novembro de 2005, quando chegou a 98,3 pontos. Os dados foram divulgados pelo instituto americano privado de pesquisa Conference Board.
“As condições piores para negócios combinadas com um mercado de trabalho menos favorável continuam a ofuscar a confiança dos consumidores e elevar a sensação de incerteza”, disse Lynn Franco.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email