16 de abril de 2021

Estados Unidos perde 263 mil postos de trabalho em setembro

A taxa de desemprego no país, por sua vez, chegou a 9,8% no mês passado. O dado supera em muito a expectativa dos analistas, que esperavam um corte de cerca de 140 mil postos de trabalho no país no mês passado

A taxa de desemprego no país, por sua vez, chegou a 9,8% no mês passado. O dado supera em muito a expectativa dos analistas, que esperavam um corte de cerca de 140 mil postos de trabalho no país no mês passado. Segundo o departamento, as maiores perdas de vagas ocorreram nos setores de construção, manufatura, comércio varejista e no setor público.
Desde o início da recessão, em dezembro de 2007, o número de pessoas desempregadas no país aumentou em 7,6 milhões, para um total de 15,1 milhões de pessoas. Entre maio e setembro, a perda de postos de trabalho nos EUA ficou, em média, em 307 mil vagas por mês; a média entre novembro do ano passado e abril deste ano foi de 645 mil.
A participação na força de trabalho caiu 0,3 p.p. (ponto percentual) em setembro, para 65,2%. No mês passado, o número de pessoas trabalhando em empregos de meio período por razões econômicas (o que o departamento chama de “trabalhadores involuntários de meio período”) ficou em 9,2 milhões, quase inalterado em relação a agosto.
O setor de construção perdeu 64 mil postos de trabalho no mês passado; entre maio e setembro, a média mensal de vagas fechadas nesse setor ficou em 66 mil, contra 117 mil entre novembro e abril. O segmento de construção não residencial foi o que registrou o maior impacto, com a perda de 39 mil vagas. Desde o início da recessão, o setor de construção perdeu 1,5 milhão de postos de trabalho.
O setor manufatureiro perdeu 51 mil vagas no mês passado. Nos três meses até setembro a média de vagas fechadas ficou em 53 mil, contra 161 mil ao mês entre outubro do ano passado e junho deste ano. O setor perdeu 2,1 milhões de vagas dentro da recessão.
O número de empregos perdidos no setor de serviços no mês passado ficou em 39 mil. Entre abril e setembro, o setor varejista perdeu em média 29 mil postos de trabalho, contra 68 mil nos seis meses imediatamente anteriores.
Já no setor público foram fechadas 53 mil vagas, com destaque para as 24 mil perdidas entre governos locais fora do setor de educação.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email