Esquema de drive-thru para vendas em shoppings ganha corpo

As operações de drive-thru aderidas por alguns shoppings na capital diante na nova realidade em função da pandemia de Covid-19,  poderão ganhar reforço no esquema, após o novo decreto publicado, na última quarta-feira (13) no Diário Oficial do Estado pelo Governo do Amazonas. Pelo menos até o dia 31 de maio, o decreto 42.278, prorroga  a suspensão dos estabelecimentos comerciais e de serviços não essenciais e destinados à recreação e lazer.

Com a atualização das medidas,  o decreto autoriza os shopping centers de Manaus a estabelecerem pontos de coleta de compras eletrônicas em seus estacionamentos, em formato de guichês. Esses espaços não poderão ser superiores a 2 metros quadrados de área, para que funcionem em regime drive-thru e deverão funcionar com somente um vendedor por vez, devidamente equipado com luvas e máscaras.

Mesmo após as regras, o Amazonas Shopping, por exemplo, já estava operando no novo sistema e pretende seguir com o serviço mesmo após a pandemia. A estratégia que é um novo canal de vendas para os lojistas do shopping tem dado certo, é o que garante o gerente de marketing do empreendimento, Andrë Santi.

“O novo canal veio para ficar e não vai acabar após a reabertura do shopping. A gente vais ter um local específico sinalizado próprio  para drive-thru. A gente percebe que já uma tendência que vem de outros estados e a gente acredita muito nisso. Aqui em Manaus também mesmo porque que as pessoas voltem inseguras com tanto contato vai ser uma forma  de o lojista vender e  o cliente adquirir os seu produtos de uma forma que evite ao máximo contato com o vírus a gente acredita muito nessa modalidade que vai se estender ao longo dos meses. 

Atualmente o local tem mais de 35 lojas cadastradas nesse sistema efetuando suas vendas no shopping e qualquer lojista com produto pode se inscrever.

Para André a alternativa traz estímulo mesmo porque é uma maneira muito segura de primeiro de nao ter contato visa a saúde e depois a economia tendo que se manter estavel diante do cenário atípico.

Com as novas determinações que formam todas as diretrizes da melhor forma de utilizar o drive-thru, o cliente efetua a comercialização do produto com o próprio lojista via e commerce ou outras plataformas como whatsapp e redes sociais e combinam o melhor local para irem até o shopping retirar o produto sem precisar sair do carro. “A gente sempre orienta o lojista a ter o cuidado possível na utilização de máscaras, só um vendedor por vez e não ficar tão próximo do cliente, além disso, higienizar o produto e a máquina do cartão antes e depois do uso”. 

Os shoppings Manauara, Manaus Plaza, aderiram ao modelo drive-thru e, a partir de agora, os clientes do Millennium Shopping também poderão garantir a compra dos produtos de forma segura e sem aglomeração. O shopping inaugura estacionamento exclusivo para delivery, drive-thru e Vitrine Virtual. 

O objetivo de aproximar os lojistas e seus consumidores nesse período de isolamento social, por conta da epidemia do Coronavírus, o Millennium acaba de inaugurar um espaço exclusivo para delivery e drive-thru, ambos localizados no estacionamento, no piso G1. Além de uma Vitrine Virtual, disponível no site www.millenniumshopping.com.br

O estacionamento do delivery fica localizado em um espaço de fácil acesso com toda estrutura necessária para garantir a retirada do produto de forma segura e higiênica. Assim as lojas poderão fazer suas vendas através dos aplicativos disponíveis no mercado.

Já através da Vitrine Virtual, o cliente escolhe o produto e escolhe como deseja recebê-lo: em casa ou  retirando no drive-thru do shopping. “O cliente recebe o produto, no dia e horário escolhido, dentro do veículo no estacionamento do Shopping. Assim, evitamos aglomerações e garantimos a segurança de todos”, informou a coordenadora de marketing do Millennium Shopping, Elizandra Xavier.

Serviços essenciais

A novidade conta com a adesão de, inclusive, serviços essenciais. A Docctor Med, por exemplo, está realizando teste de Covid-19 no drive-thru do Millennium. Basta o cliente realizar o agendamento através do WhatsApp da clínica: (92) 9 9493-7838.

A Magscan – Clínica de Imagenologia de Manaus e o CDL Laboratório Santos e Vidal seguem funcionando em horário normal, porém é necessário realizar pré-agendamento no WhatsApp (92) 9 9903-9910 (Magscan) ou (92) 9 8415-7102/8162 (CDL).

O Sumaúma Park Shopping disponibilizará, a partir do dia 19 de maio (terça-feira), estruturas de apoio com guichês de drive-thru para que o lojista possa realizar suas entregas no estacionamento, proporcionando mais agilidade e conforto aos clientes na venda. O acesso será pela Av. Noel Nutles, logo após os elevadores e o aquário de escadas rolantes. 

Serão quatro stands para venda no sistema drive- thru. Cada cor representará um grupo de lojas do Sumaúma. No ato da compra on-line, o cliente marca um horário com o lojista para retirada do produto no stand com a numeração e a cor indicada. O pagamento deverá ser feito com cartão de crédito ou débito, não sendo permitido o pagamento em dinheiro no local. 

Vale ressaltar que, em cada stand, permanecerá apenas um funcionário da loja devidamente equipado com máscara, luvas e deixando disponível o álcool gel 70%. O serviço de entrega por drive-thru será das 12h às 18h.

O shopping Ponta Negra também deve adotar o modelo drive-thru na próxima semana. 

Sobre o decreto

Conforme a determinação do governo do Estado, cada shopping poderá ter até 20 guichês, que podem ser compartilhados entre os vendedores em horário previamente estabelecido pela administração do centro comercial.

O decreto determina que os shoppings deverão garantir um sistema de funcionamento para que a efetiva compra e pagamento pelo produto, entrada e saída do consumidor, não ultrapasse 15 minutos e que o consumidor não desembarque do veículo.

Por fim, os pontos de coleta não poderão ter exposição, estocagem ou armazenamento de produtos, nem oferta de outros itens, além dos previamente ajustados pelos consumidores, devendo contar com dispensação de álcool e ser higienizados após cada uso.

O decreto também prevê que os prestadores de serviços autônomos, bem como os estabelecimentos comerciais que assim desejarem, poderão fazer atendimentos nas modalidades delivery e drive-thru, desde que sejam garantidas as normas de segurança, prevenção e combate ao novo coronavírus.

Impactos

Seguindo as determinações dos decretos, a interrupção das atividades nos shoppings da capital já duram quase dois meses. 

Em todo país, cerca de 550 shoppings já foram afetados pelos decretos municipais e estaduais que recomendam o fechamento dos estabelecimentos. O número representa 95% do total de shoppings no país, afetando todos os estados e mais o Distrito Federal. O levantamento é da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers).

Na região Norte cerca de 26 shoppings foram afetados com a suspensão das atividades. Já o Amazonas, totaliza o fechamento de 10 centros comerciais. Num cenário geral, o levantamento aponta que 196 municípios foram afetados por decretos, em relação aos Estados esse número chega a 27. 

Fonte: Andreia Leite

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email