Especulações sobre João Pedro e a Suframa

As mudanças ocasionadas pela saída de Alfredo Nascimento (PR) do Ministério dos Transportes podem não parar no troca-troca de cadeiras entre Nascimento e João Pedro (PT) no Congresso Nacional.
O escândalo em Brasília pode acabar em mais desgaste entre o PT e um de seus maiores aliados, o PMDB, que vem lutando pela permanência de Flávia Grosso na liderança da Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus).
O estopim para a discordância entre os partidos pode ocorrer por conta da possibilidade de João Pedro receber um cobiçado prêmio de consolação pela perda da cadeira de senador, que seria nada mais, nada menos que o cargo de superintendente.
A pressão para alternância na direção da Suframa ganhou força quando a atual dirigente da autarquia passou a ser alvo de investigações por parte da PF (Polícia Federal), acusada de aprovar contrato irregular com a empresa Mosaico Engenharia na recuperação de vias do Distrito Industrial.
Mesmo sendo negadas pelos representantes petistas do Estado, as especulações de bastidores não são afastadas, já que, de acordo com o líder do PT na Aleam (Assembleia Legislativa do Amazonas), deputado Sinésio Campos, a nova realidade do tabuleiro político amazonense abre pressupostos importantes para a reavaliação de cargos na região.
“Na política tudo pode acontecer, basta que os interesses venham a convergir. A Suframa possui um grande espaço de atuação, e é vital para o desenvolvimento do Estado. Temos sim que encará-la com um olhar técnico, porém precisamos avaliar os aspectos políticos que também são essenciais para uma gerência de qualidade na autarquia”, destacando que até o momento da conversa com a reportagem não foi realizado nenhum encontro para se discutir o tema.
Já o, também, deputado estadual José Ricardo afirmou que as especulações até o momento não possuem fundamentos. Ricardo disse acreditar que elas advêm de pessoas que possuem o intuito de forçar uma “barra”.
“Internamente não ouvi e nem vi nada. O máximo que soube foi através de um blog. Esse é um assunto delicado, que não deve ser tratado de forma leviana”, alertou.
Contudo, a professora doutora Marilene Corrêa, membro executivo do PT regional, não se diz admirada com a possibilidade, pois “João Pedro é um nome forte no partido”. Apesar disso, ela não acredita em prêmio de consolo. “Nunca discutimos o assunto, mesmo porque não tínhamos ideia do escândalo que viria. Porém, se as especulações vierem a se concretizar, não acredito que seja simplesmente por compensação e sim por merecimento”, enfatizou.
A reportagem tentou por várias vezes contato o senador João Pedro pelo celular (61) 8153-xx-xx e (92) 9124-xx-xx, mas até o fechamento desta edição não obteve resposta.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email