11 de agosto de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Espécie é melhor que o salmão

Em termos produtivos, são grandes as chances de o bijupirá se tornar tão importante para o Brasil quanto o salmão é para o Chile.

Em termos produtivos, são grandes as chances de o bijupirá se tornar tão importante para o Brasil quanto o salmão é para o Chile. Ele atinge seis quilos no primeiro ano e até 15 no segundo. Em comparação com o salmão, é um peixe com produtividade quatro vezes maior e com possibilidades de mercado muito maiores, já que hoje existe uma demanda mundial por peixes de carne branca de qualidade, principalmente para animais que produzem grandes filés (acima de 1 quilo de filé), como é o caso do bijupirá.
Os principais mercados para a comercialização do bijupirá são o norte-americano, já que os EUA são os maiores compradores de pescado brasileiro, e a Europa, que convive com uma grande demanda por carne branca de qualidade, obrigando-os a despescar seus tanques de pargo meses antes do final do cultivo. Outro mercado desejado por todos é o mercado japonês, que conhece e aprecia a qualidade do bijupirá produzido na China. Outro mercado potencial é o brasileiro, hoje em ascensão no consumo de pescados e na busca por qualidade e sabor.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email