4 de julho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

Escolas esperam alta de 50% caso Manaus receba os jogos de 2014

As redes de escolas de idiomas em Manaus estão aproveitando a possível escolha da capital amazonense como uma das subsedes para a Copa do Mundo de 2014

As redes de escolas de idiomas em Manaus estão aproveitando a possível escolha da capital amazonense como uma das subsedes para a Copa do Mundo de 2014. De acordo com dirigentes de algumas instituições de ensino de idiomas, o mundial de futebol pode incrementar as receitas das empresas desse segmento em até 50%, pelo menos no período entre 20 março –dia em que a Fifa (Federação Internacional de Futebol Associados) anuncia as cidades escolhidas– e julho deste ano, em relação ao mesmo pe­ríodo do ano passado.
Segundo informações do proprietário da escola My Way, na rua Ferreira Pena, William Silva, muitas pessoas já estão procurando investir no aprendizado de mais uma língua estrangeira. “Se a Copa de fato acontecer aqui em Manaus, o número de matrículas pode aumentar em até 50%. Todo mundo vai querer se aprimorar para conquistar um bom emprego durante o período ou até mesmo fazer novas amizades”, comentou. Caso Manaus seja confirmada como ­subsede do campeonato mundial de 2014, a empresa pretende inaugurar mais uma unidade no pe­ríodo de 18 meses.
Na My Way, o curso de inglês é regular e pode ter a duração média de dois anos, divididos em oito períodos e as aulas podem ser individuais ou grupais, com conversação intensa entre os alunos e professores. “Na escola, os estudantes têm a possibilidade de interagir diretamente com os instrutores, simulando situações banais do cotidiano, como uma ida ao supermercado ou ao banco, por exemplo”, afirmou Silva.
O empresário revelou que no ano de 2008 a escola registrou um crescimento de 70% no número de alunos matriculados, em relação a 2007, e para 2009 a expectativa é que esse número chegue a 80%, em comparação ao ano passado. Na avaliação de Silva, o mercado está passando por um momento favorável e há condições para expansão. Como justificativa, Silva lembrou o fato de a escola estar presente na Feira Volta às Aulas no Studio 5, que aconteceu no período de 22 a 25 de janeiro deste ano. O ­empresário contou que foram feitas mais de 50 matrículas durante o evento. Este número pode ser motivado tanto pela vinda da Copa de 2014 quanto ao início do ano letivo.

Parcerias podem se ­intensificar no período

Na rede CNA, o consultor Arlen Martins também confirmou o fato de a procura por cursos de inglês ter um crescimento já por conta da expectativa de a cidade sediar a Copa de 2014 e, caso Manaus seja confirmada para o campeonato, a escola vai buscar parcerias para fortalecer a marca.
“A demanda pelos cursos de idiomas já pode ser considerada bem alta em várias escolas especializadas. O segmento vai ter um avanço considerável”, enfatizou o representante da escola, ao contar que também espera um crescimento em torno de 50% no número de alunos matriculados no período de março a julho deste ano em comparação à mesma época do ano passado.

Crescimento em vista

A rede possui mais de 2.000 alunos e em 2008 teve um acréscimo de 10% no número de matrículas em relação ao ano de 2007. Para este ano, a meta é aumentar a carteira de estudantes em 15%, ante os 12 meses anteriores.
A rede CNA já está em Manaus há nove anos e possui duas unidades, uma na Cidade Nova e outra no Vieiralves. O preço da mensalidade não segue uma tabela exata, mas o valor mais alto é R$ 250.
Como estratégia de mar­keting, a escola não costuma fazer propagandas em mídias convencionais como em rádios e televisões. “In­vestimos em pessoas, buscando oferecer uma didática diferenciada. Nossa propaganda é feita da melhor forma, pois é boca-a-boca. Os próprios alunos divulgam nossos trabalhos”, finalizou Martins.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email