Escola com padrão bilíngue em Manaus

“O inglês é só um detalhe, a metodologia é que é o diferencial”, afirmou Carla Lindoso, coordenadora da Maple Bear Manaus. Há um pouco mais de um ano, na capital amazonense, a escola canadense de educação infantil bilíngue trabalha com uma metodologia diferenciada, em que as crianças desde os dois anos de idade já aprendem tudo em inglês e também são estimuladas a desenvolver a imaginação, a criatividade, aprendem a lidar com os sentimentos, interagir com pessoas da mesma idade ou mais velhas e a resolver conflitos.
“Aos cinco anos, os alunos da Maple Bear iniciam o processo de alfabetização. E aos seis anos, a carga horária das crianças chega a 5h e meia diária, com metade da aula em inglês e a outra em português”, disse a coordenadora.
Segundo Carla, no início alguns pais acreditavam que devido o ensino bilíngue, as crianças poderiam perder a identidade brasileira. “Mas aqui trabalhamos questões culturais e históricas tanto canadense quanto brasileira, assim como, por exemplo, a Maple Bear do México que, além de ensinar sobre o próprio país, aplica a metodologia do Canadá”, explicou.
Localizada na avenida Nilton Lins, n° 3259, Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul de Manaus, a escola é projetada e equipada, conforme as mais modernas tecnologias de ensino empregadas no Canadá. Cada turma conta com pequeno número de crianças para que o ensino seja individualizado.
De acordo com a coordenadora, cada sala abriga dez centros de atividades como: cantinho da ciência, da leitura, da matemática, de música, entre outros, repletos de materiais e jogos que reproduzem o universo da criança e ampliam as possibilidades de explorar o mundo à sua volta. “Todo material didático utilizado é importado, o mesmo utilizado pelas escolas canadenses. O nosso objetivo é oferecer uma metodologia inovadora, aliada a um espaço físico confortável e seguro”, enfatiza.
Pensadores como Jean Piaget, Lev Vygotsky, Eric Erikson, Howard Gardner e numerosos estudos sobre educação infantil fornecem as bases teóricas para o currículo da escola Maple Bear.
A coordenadora da escola conta que devido trabalharem com crianças de várias nacionalidades, isso permite com que elas aprendam umas com as outras. “Nós temos alunos que vieram de países com costumes totalmente diferentes dos nossos. Isso tem estimulado as crianças a terem curiosidade de pesquisar sobre outros países e elas se divertem descobrindo. Elas acabam criando confiança a explorar, aprender, argumentar e perceber que são capazes”, complementou.
A escola, que tem padrão internacional, hoje conta com mais de 60 crianças (40 a mais do que quando iniciou, no ano passado) e comemora seu crescimento, fazendo planos para expandir e montar uma filial na Ponta Negra. “A escola está crescendo junto com os alunos. A cada ano acrescenta uma nova série. No ano passado tínhamos quatro salas, este ano são nove”, disse.

Escolas certificadas

A Maple Bear Canadian School, escola bilíngue canadense, está presente em quase todos os Estados brasileiros, com mais de 40 escolas certificadas na educação infantil e no ensino fundamental.
A escola trabalha com a qualificação constante dos professores na filosofia educacional canadense e rigorosa conformidade com o currículo nacional.

Referência mundial

Há dez anos os estudantes do Canadá, Finlândia e Coreia do Sul estão no topo do PISA (Programa para Avaliação Internacional de Estudantes) que, além de avaliar o aprendizado de Matemática, Ciências e Leitura, também examina a capacidade dos alunos de analisar, raciocinar e aplicar o conhecimento adquirido em sua vida diária.
O Canadá é referência mundial no ensino de Matemática, Ciências e Leitura. O país investe 8% de seu PIB (Produto Interno Bruto) em educação, mantendo um excelente nível de ensino através de professores qualificados, salas de aula bem equipadas e apoio do governo. Vale lembrar que, desde 1970, a educação canadense é oficialmente bilíngue (inglês e francês).

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email