Não há mais como não notar que, entre aquele monte de motocicletas ao redor, com as quais já estávamos acostumados desde o “boom” que se iniciou nos anos 80, os scooteres quase que dominam a cena. Mas você ainda prefere as motocicletas, mesmo diante das inúmeras praticidades oferecidas pelos pequenos? Então deverá experimentar a Honda NC 750X.

Não é um scooter, mas tem uma boa familiaridade com eles, em termos de pilotagem e praticidade, mantendo o status de motocicleta quanto ao porte e à dirigibilidade. Isso tudo sem mencionar que se trata de uma motocicleta com motor de 750 cm3 , um número mágico na história das motocicletas. 

Outro aspecto encorajador na Honda NC 750X é o seu jeitão de big trail. Seu habitat é mesmo o asfalto, ruas ou estradas, mas na posição de pilotagem ela bem que lembra as grandes aventureiras.

O parentesco com um scooter está na sua concepção, pois a Honda NC 750X já compartilhou projeto, componentes e sistemas com outros modelos, não disponíveis em nosso mercado, que poderiam mesmo ser enquadrados na categoria scooter. Na falta de uma classificação mais precisa, foi adotado para a NC a categoria crossover, muito utilizada para automóveis, categoria essa que “mistura” atributos de várias outras categorias. Ou seja, pega o melhor de cada uma delas. As letras NC em seu nome significam “Novo Conceito”.

Ford lança serviço de carros por assinatura com Ranger e Territory

‘Ford Go’ é 100% digital e parte de R$ 3,7 mil no plano anual – Foto: Divulgação

Seguindo a tendência dos carros por assinatura no Brasil, a Ford Motor Company anuncia o lançamento do Ford Go , novo serviço que pode ser contratado de forma 100% digital. A finalidade da plataforma é facilitar o acesso ao veículo para clientes que não querem se preocupar com IPVA, custo de manutenção, seguro e negociação do usado.

O novo Ford Go bate de frente com outros serviços de carro por assinatura, como Renault On Demand, Volkswagen Sign & Drive e Fiat Flua. Segundo a fabricante, o diferencial do novo produto na comparação com as concorrentes é a experiência 100% digital em todo o processo, desde a contratação até o dia a dia durante a assinatura.

General Motors é mais uma empresa a testar hidrogênio em aviões

GM mira na aviação – Foto: Divulgação

A General Motors é uma das montadoras compromissadas a eliminar de uma vez por todas os carros a combustão de seu portfólio. Não satisfeita com esse objetivo, a gigante estadunidense agora parte para investir em outros mercados e já mira na aviação, outro ambiente fértil para inovações. Prova disso é que a empresa firmou parceria com a francesa Liebherr para testar novos sistemas de propulsão com células de combustível a hidrogênio.

A montadora já possui uma divisão interna voltada para o desenvolvimento de motores movidos a hidrogênio, chamada de GM Hydrotec. Os estudos, porém, estavam restritos a automóveis e caminhões, pois, de olho na total eletrificação, a empresa quer ter alternativas para mercados que não devem se adequar a essa drástica mudança. A parceria com a Liebherr, porém, vai trazer a tecnologia de ambas para a aviação, já que a companhia francesa trabalha dentro da aviação fornecendo peças e sistemas de segurança.

As duas empresas devem trabalhar em um sistema integrado que poderá ser utilizado na aviação comercial. O novo esquema de propulsão, baseado nas tecnologias já existentes da GM Hydrotec, ainda está nos estágios preliminares de desenvolvimento e está prestes a ser testado em um laboratório da Liebherr-Aerospace em Toulouse/FRA, onde a francesa já trabalha em projetos e sistemas alternativos de propulsão para o transporte aéreo.

Foto/Destaque: Divulgação

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email