Preciso falar-te. Abrir meu coração. Minhas angústias.

Meu sofrimento e solidão. Tu me olhas. E sorris. 

Tu me espreitas. Sinto tua presença. Não me assustas.

No sofrer, me amparas. Nas angústias, me abraças.

No desespero, envolves meu corpo de energia e paz.

Na solidão, estás ao meu lado. Tuas mãos em meus braços.

Levemente. Mansamente. Silêncio profundo. Esperança.

Nostalgia se vai. Renascer. Vida. Novos rumos.

Preciso gritar a minha alegria. Abrir portas para meus sonhos. 

Da minha morada. Que tolice o sofrer. Tu me olhas. 

Simplesmente sorris. Tudo sabes. Apontas as estrelas. 

Enfeitas o brilho da lua. Provocas em mim calafrios. Emoção.

Explode o coração se expande. Caminho feliz pela rua. 

Crias o verbo. O verso. Envolves meu corpo em magia.

Transforma o verso em poesia. Afasta de mim nostalgia.

          Lamentos. Tormentos da alma. Tristeza me abandona.

Preciso falar das minhas dúvidas. Da jornada de lutas.

Meus problemas. Minhas derrotas. Incertezas. Vitórias.

Tu me olhas e sorris. De tudo sabes. Preparas a trilha.

O caminho. Placas. Avisos. Obstáculos. Alertas.

Uma pedra colocas aqui. Outra ali. A terceira acolá.

Momentos. Felicidade. Sofrimentos. Escolhas. Indecisão.

Brilho dos olhos. Obstinação. Crescimento do ser. 

Depuração da alma. Redenção. Preciso falar da natureza. 

Que alegra e encanta. Das gotas molhadas de chuva.

Dos raios brilhantes do sol. Tu me olhas e sorris.

Complacente. Bonachão. Brilho maroto e faceiro no olhar.

Adivinhas meu pensar. Sussurras. Ao pé do meu ouvido.

“Estou nos leitos dos rios.” “Por sobre as ondas do mar.”

“Trago em meu colo a água.” “Que mata a sede e lava”.

Confessas ainda sorrindo, que estás nos raios de sol.

Energia. Fonte suprema da vida. 

Preciso gritar que em Ti eu sou capaz. De vencer. Conquistar.

Multiplicar. Transformar o sonho em realidade. O virtual em concreto. 

Tu me olhas. E sorris. Eu bem sei. Tu já sabes. 

Sugeres que a noite aconteça. Que a aurora enfim amanheça. 

E traga prenúncios de paz. Preciso fortalecer-me em ti. 

Jamais Te esquecer ou Olvidar-Te nas minhas imperfeições.

Tu me olhas. E sorris. Tu bem sabes: sou frágil.

Estendes Teu braço amigo. Emprestas a mim energia. 

Afastas o perigo. Inundas meu ser de energia e paz. 

Preciso dizer-Te. Coração aberto. Consciente. 

Atento. Presente. Bem perto de Ti. Confiar em ti. 

Esquecer o que se foi. O agora, meu presente. 

Passado de um futuro que nem sei se virá. 

Tu sorris. Olhar matreiro de criança. Aconchegante. 

Eu já sei que Tu sabes. E bem sei que não sei. 

Tudo aquilo que sabes. De um futuro incerto. 

Que por certo a mim virá. E ofereces o tempo.

Remédio das chagas. Calor do mundo inteiro. 

Alegria. Felicidade. Dons. Inteligência. Arbítrio. 

Caminhos do decidir. Preciso fortalecer-me. 

Embrenhar minhas passadas em Tua luz.

Em Teus canteiros. Nas flores do Teu jardim. 

Tu me olhas e sorris. Sorriso manso. 

Que nada tem a dizer. E tudo diz.

Estendes as tuas mãos, ofertas o brilho de tua luz. 

E eu, tolo, teimoso e ingrato, prefiro me esconder.

No sábio de mim me perder. Do humano de Ti me afastar.

Preciso dizer-Te que em meus destemperos. 

Olho em volta, não Te vejo. Sou solidão e abandono. 

Força em mim se esvai. Corpo claudica. Balança. E cai. 

Tu me olhas. E simplesmente sorris. Sorriso franco.

Tolerante. Desconcertante. Transbordante de amor. 

Rodeias meu corpo. Pegadas na areia. Estou em Teus braços. 

Meu peito se abriga em Teu peito. Meu corpo acama em Teu colo. 

Meu pranto em Ti se afoga: Brisa suave de tarde. Nascente. 

Meu repouso: descanso. Destino. Remanso. 

Preciso falar-Te de mim. Alegrias e tristezas. Fragilidades. 

Tu me olhas e sorris. Tu és a cura. Remédio dos males. 

Verbo. Estrofe. Frase. Palavra. Oração. Preciso falar-Te de perto. 

Pé de ouvido. Dizer que és fonte. Amor. Ninho, Verdade e Vida. Gritar. Anunciar minha certeza. Fazer-Te cúmplice de mim. 

Sentir o perfume das flores. Avencas, samambaias, cravos e girassóis. Das orquídeas, lírios e rosas. Ali Tu estás. Sorrindo à minha frente. 

No desabrochar de cada pétala. Cuidadosamente. Uma a uma. Belas. Coloridas. Viçosas. Enfeites. Magia. Fermento de olhar embevecido. 

Florescer da vida. Renovação do corpo sofrido. Envolvido em Tua paz. Desfrutarei da Tua presença. Abusarei do Teu carinho. 

Alugarei Teus ouvidos. Ousarei. Construirei meu ninho em Ti. 

Farei desta prosa uma simples conversa.

Pois Tu já sabias e mesmo quisesses, que a nossa conversa, 

Conversa ENTRE AMIGOS. Vingasse vadia. 

Tal qual luz do dia, na plena folia de um papo informal.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email