Encontros com músicos e equipe do FAO

Voltada para artistas dos mais diversos segmentos, profissionais locais que atuam em produções culturais e o público em geral, a programação acadêmica do XVIII Festival Amazonas de Ópera, promovido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura terá um total de quatro mesas redondas principais e uma série de oficinas e masterclasses gratuitas a partir de 19 de abril, às 18h, no Centro Cultural Palácio da Justiça, no Centro de Manaus (AM).
De acordo com os organizadores, na véspera de cada uma das quatro óperas principais que integram a programação do evento – Manon Lescaut, Lucia di Lammermoor, Carmen e Onheama – elenco, cantores, diretores, músicos e todos os envolvidos em cada uma das etapas da produção participam de um grande encontro com o público para troca de experiências e convivências.
“Esta é uma das principais conquistas do festival que, ao longo de 18 anos, colabora de forma intensa para transformar o Amazonas em um centro de referência e formação de cantores, músicos e técnicos, gerando oportunidade para o surgimento de novos talentos e também de emprego e renda para um número cada vez maior de pessoas”, destacou o secretário Robério Braga.
Dentre os destaques estão as participações confirmadas das sopranos Daniella Carvalho (19 de abril), protagonista de Manon Lescaut e uma das maiores cantoras líricas brasileiras de todos os tempos; a russa Anna Skibinsky (26 de abril) interprete de “Lucia” e Cristina Gallardo-Domâs (17 de maio), a grande diva internacional, com uma extensa carreira de sucessos e prêmios em todo o mundo e que desembarca em Manaus para interpretar a cigana Carmen.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email