Encontro estimula o transporte fluvial

O Brasil tem 60 mil quilômetros de possibilidades fluviais e lacustres, das quais só são utilizadas 21 mil. Para dar maior competitividade ao setor produtivo, o governo federal vem incentivando, por meio da nova Lei dos Portos, a expansão e modernização das áreas portuárias brasileiras, o que poderá ser uma oportunidade para que a matriz de transporte seja alterada, transportando a produção nacional pelas vias navegáveis. Atualmente, segundo a Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários), as hidrovias ainda são pouco exploradas. Enquanto as rodovias dominam 60% da movimentação de cargas e de pessoas, as hidrovias ficam com uma parcela muito pequena, de apenas 13%.
Por conta deste novo momento, que abre novas oportunidades para os empresários da navegação e, com o objetivo de estimular o transporte de cargas por meio das hidrovias, a Fieam (Federação das Indústrias do Estado do Amazonas) e a Sudam (Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia) irão promover o Encontro da Indústria Naval do Amazonas com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) e Agentes Financeiros.
O objetivo do evento, que acontece hoje, no auditório da Federação, é aproximar os empresários da navegação das fontes de financiamento. Desta forma, tanto a Fieam quanto a Sudam esperam fortalecer a indústria naval paraense, aumentando e modernizando a frota, além de preparar o empresariado local para este novo momento.
Durante o Encontro os representantes do BNDES irão apresentar as suas linhas de finanaciamento para este setor produtivo, incluindo o Fundo da Marinha Mercante, BNDES Automático, Finame, cartão BNDES e o Programa BNDES de Sustentação de Investimentos –PSI, que estimula a produção, aquisição e exportação de bens de capital e a inovação tecnológica. Além de representantes do BNDES, a programação do evento reserva espaço para a apresentação e exposição de representantes do setor naval amazonense.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email