29 de junho de 2022
Prancheta 2@3x (1)

EMS prepara expansão da maior fábrica de medicamentos da ZFM

A Novamed – a primeira fábrica de remédios da Zona Franca de Manaus – vai deixar de existir. A marca será incorporada pela também brasileira multinacional EMS Farmacêutica, uma gigante dos medicamentos genéricos que exporta seus produtos para 55 países, que a administra.
Inaugurada em 2014, a fábrica da Novamed é uma das cinco maiores e mais modernas fábricas de medicamentos sólidos do mundo e a única indústria farmacêutica do mundo que conta com um sistema de pesagem de matéria-prima totalmente robotizado. O processo de fabricação também é 100% automatizado, com documentação eletrônica e sem uso de papel.
A EMS vai incorporar a fábrica da Novamed em Manaus até 2023. A planta é responsável pela produção de medicamentos sólidos da farmacêutica. O objetivo é aumentar a capacidade de 1 bilhão e 100 milhões de comprimidos/mês para 1 bilhão e 400 milhões/mês, com volume de investimento de R$ 50 milhões.

Bioeconomia

Sendo a Novamed produtora de remédios e cosméticos, o superintendente da Suframa, Algacir Polsin, aproveitou uma visita às instalações da fábrica, na rodovia AM-010, para convidar a diretoria da EMS para conhecer o Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), que passa por um processo de Chamamento Público para se transformar em uma Organização Social (OS) e cujo objetivo é criar alternativas econômicas mediante a inovação tecnológica para o melhor aproveitamento econômico e social da biodiversidade amazônica de forma sustentável.
“O que vimos aqui, foi uma empresa de primeiro mundo, genuinamente brasileira, que produz medicamentos e, também produtos de beleza, com a vertente de biotecnologia. Tem tudo a ver com o que temos, que é o nosso bioma amazônico, o nosso potencial para a bioeconomia. Seria importante que eles conhecessem a capacidade do CBA”, disse Polsin.
“Temos interesse em identificar segmentos da indústria, trazer novos vetores para cá, fazer conhecer a nossa política de estado, que é o modelo Zona Franca de Manaus, e expandi-lo para outras áreas da região, além de buscar outras alternativas econômicas. O polo de saúde é muito importante nesse processo”, destacou o superintendente.

A EMS

Além de Manaus, a EMS possui fábricas em Hortolândia (onde fica a sede administrativa e o seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento), Jaguariúna (SP) e Brasília (DF). Na Sérvia, possui a farmacêutica Galenika, adquirida em 2017 como parte do processo de internacionalização da companhia. Na Itália, tem o laboratório de pesquisas MonteResearch. Está presente no mercado norte-americano com a sua controlada Vero Biotech, localizada em Atlanta, Geórgia (EUA), por meio da qual a EMS obteve em 2019 a aprovação de seu primeiro produto revolucionário, fruto de inovação radical, submetido à FDA (EUA), posicionando o laboratório como uma empresa inovadora no mercado global.

Qual sua opinião? Deixe seu comentário

Anúncio

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Siga-nos

Notícias Recentes

JC Play

Podcast

Gostou do Conteúdo? Assine nossa Newsletter

Compartilhe:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Telegram
WhatsApp
Email

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email